Futebol Nacional

PE2013

Com show de Rogério, Timbu goleia Petrolina e larga na frente no 2º turno

Náutico venceu o time sertanejo por 8 a 0, com três gols de Rogério

postado em 24/02/2013 17:44 / atualizado em 24/02/2013 19:03

Tiago Cisneiros /Superesportes

Ricardo Fernandes/DP/DA Press
Uma tarde feliz nos Aflitos. Depois de conquistar o primeiro turno do Pernambucano 2013, o Náutico mostrou que está mesmo na briga para levantar a taça após nove anos de jejum. Na primeira partida sem Kieza, o Timbu conheceu os seus novos dois candidatos a artilheiro. O atacante Elton começou bem, marcando os dois gols alvirrubros na primeira etapa, mas foi Rogério, o velho coadjuvante, que roubou a cena. Com boa movimentação e um pé calibrado, balançou as redes nada menos do que três vezes. Jeffinho (contra), Renato e Giovanni Augusto fecharam a goleada por 8 a 0 sobre o Petrolina, lanterna da primeira fase do Estadual.

O primeiro lance de perigo do jogo aconteceu aos 13 minutos. Depois da bola levantada na área por Rogério, o zagueiro Alemão subiu para cabecear e acertar o travessão. Três minutos depois, em jogada semelhante, foi a vez de Elton mandar no poste superior.

Nas duas oportundiades, o cruzamento saiu do lado esquerdo do ataque alvirrubro, mais forte durante toda a partida, com a bola passando, principalmente, pelos pés de Bruno Collaço, Rogério e Giovanni Augusto. O meia, aliás, foi bem no jogo, com lançamentos precisos.

De um deles, saiu o primeiro gol alvirrubro. Aos 31 minutos, o armador levantou a bola por cima da zaga e encontrou Rogério no meio da área petrolinense. O atacante tocou de cabeça e Elton bateu forte para o fundo das redes. Nos momentos seguinte, o Timbu continuou pressionando, sobretudo com Rogério.

Aos 39, logo após um bom arremate de longa distância de Elicarlos, o Náutico chegou ao segundo gol. Alemão cortou firme na zaga, Rogério alcançou a bola na linha lateral, ganhou na velocidade do marcador, Jamaica, e cruzou rasteiro. Elton, livre na área, bateu forte na saída do goleiro sertanejo.

Um minuto depois, o Petrolina, que só havia chegado em chutes de longa distância e bolas alçadas em escanteios, quase diminuiu. Por acaso. Elicarlos tentou afastar o perigo na entrada da área, mas a bola explodiu no ataque do Petrolina e encobriu o goleiro Felipe, que precisou fazer uma ponte para mandá-la pela linha de fundo.

No segundo tempo, o Náutico entrou mais desligado e, nos primeiros minutos, chegou a correr perigo. Aos 11 minutos, porém, Rogério normalizou a situação e iniciou sua incrível sequência de quatro gols. Depois de pegar a bola na intermediária pela esquerda, livrou-se do marcador e bateu com efeito. O goleiro Diego, mal colocado, não conseguiu alcançar.

Aos 22, Rogério marcou o segundo, deixando um zagueiro no chão e batendo forte na saída do goleiro. Aos 27, fez o terceiro, depois de dominar a bola na meia-lua, cortar o marcador com a perna esquerda e bater no ângulo. Um show reconhecido pela torcida alvirrubra, que não hesitou em cantar: "Olerê olará, Rogério vem aí e o bicho vai pegar!". Saudades de Kieza? Hoje não.

Rogério, aliás, quase chegou ao quarto gol. Na súmula, o "mérito" foi para o zagueiro Jeffinho, que, de carrinho, mandou a bola para as próprias redes antes de o atacante alcançá-la. Nos últimos minutos de jogo, ainda houve tempo para o terceiro atacante timbu, Renato, marcar o seu, driblando o goleiro Diego, pelo lado esquerdo da área. O meia Giovanni Augusto fechou a goleada, cobrando pênalti.

 

Ficha técnica

Náutico
Felipe; Auremir (Maranhão), Alemão, Luiz Eduardo (Jean Rolt) e Bruno Collaço (Douglas Santos); Elicarlos, Marcos Paulo e Giovanni Augusto; Renato, Rogério e Elton. Técnico: Vágner Mancini

Petrolina

Diego; Rogério, Gilmar, Rafael (Ceará) e Jeffinho; Jamaica (Sidnei), Alan, Luiz Felipe e Geovane; Alex Sandro e Joninha (Cleidinho). Técnico: Henrique Rocha.

Local: Estádio dos Aflitos
Árbitro: Tiago Nascimento
Assistentes: Marcelino Castro e Aldir Pereira
Gols: Elton (30’ e 39’ - 1T), Rogério (11’, 23’ e 26’ - 2T), Jeffinho (contra - 28’ - 2T), Renato (39’ - 2T) e Giovanni Augusto (43’ - 2T)
Amarelos: Jamaica, Geovane, Sidnei (P)
Expulsão: Ceará (P)
Público: 7.697
Renda: R$ 61.011