Futebol Nacional

PE2013

Elicarlos confidencia que sonha em ser campeão estadual e quer vencer clássico

Volante frisou que pré-temporada alvirrubra foi importante para atual momento

postado em 22/03/2013 14:16 / atualizado em 22/03/2013 14:52

Rafael Brasileiro /Diario de Pernambuco

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press
O Clássico dos Clássicos já faz parte do passado para o volante Elicarlos. A falha que tirou seu sono após o jogo contra o Sport o último domingo (17), deu lugar ao desejo de acabar com a “seca” de vitórias em clássicos. O próximo, contra o Santa Cruz dentro dos Afllitos, parece ser a oportunidade perfeita para o Timbu acabar com a incômoda marca. E na opinião de Elicarlos a vitória contra os corais pode abrir o caminho para o título estadual.

“Já está mais do que na hora vencer clássico e temos oportunidade contra o Santa Cruz dentro de casa. Dependendo dos resultados, domingo ganhando o clássico ja estaremos matematicamente classificados”, analisou o volante que ainda confidenciou um sonho “Meu sonho não acabou. Sonho em ser campeão. Desde ano passado já coloquei na cabeça que não podemos deixar escapar o título. Está mais do que na hora, acho fundamental para minha carreira e para fazer história no clube.”

Para conseguir o título estadual Elicarlos acredita que a pré-temporada ajudou bastante. Tendo passado pelo Cruzeiro, clube com grande estrutura, o volante colocou a preparação alvirrubra como uma das melhores do país. “A preparação foi muito boa. Nenhum clube no Brasil teve uma com esse suporte. A parte física, musculação e  agilidade melhorou muito”, comentou o atleta timbu.

O sistema com três volantes, que tem sido usado desde o ano passado, tem sido bastante elogiado, mas com uma diferença. Nesta temporada, o time jogo com apenas dois atacantes. Contudo a responsabilidade dos volantes continua a mesma. “O diferencial é a movimentação dos três volantes. Para isso é fundamental se comunicar com outro e simplicidade. equipe com tres volantes nao pode dar espaço adversário”, explicou o jogador.