Futebol Nacional

Série A

William Alves afirma que sombra de Jean Rolt é um estímulo a mais para o Náutico

Zagueiro sabe que com o retorno de Rolt precisará dar um "algo a mais" para se manter como titular na defesa alvirrubra

postado em 19/07/2013 17:00 / atualizado em 19/07/2013 15:04

Daniel Leal /Diario de Pernambuco

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press
O efeito do retorno do zagueiro Jean Rolt ao time poderá ser extremamente positivo ao Náutico mesmo que o defensor sequer entre em campo diante do Botafogo. Com a "sombra" do experiente atleta, que volta a ficar à disposição no banco de reservas, os atuais titulares sabem que precisarão dar um "algo a mais" para manter a posição. E a confirmação desse "efeito Rolt" vem nas palavras de William Alves, que já quer ver o time sem tomar gols a partir do duelo deste sábado, contra o Botafogo.

"Rolt é um jogador experiente. Tem mais tempo de casa, fez uma boa Série A no ano passado e tem prestígio. Sabemos que aqui nenhum atleta é garantido. O importante é jogar bem para continuar na continuar na equipe. Tem que trabalhar, mostrar o porquê da escolha do treinador. É bom que chegue reforços, para o grupo vai ser muito bom", disse.

Dos sete jogos que o Timbu já disputou na competição, em apenas um deles ficou sem tomar gols. Foi justamente nessa partida, contras o Flamengo, que o time conseguiu a única vitória na Série A. "A gente sabe que não pode ter falta de atenção, temos tomado muitos gols no começo de partida e contra o Flamengo a nossa vitória veio a cada minuto sem tomar gols. Isso foi aumentando a confiança e fortalece a estratégia", pontuou.

O Timbu tem a pior defesa da competição com 14 gols sofridos - média de 2 por jogo. "Arrumando a cozinha e vão começar os resultados positivos. Temos que diminuir esses números, pois isso dificulta muito as nossas vitórias. Esperamos não tomar mais gols para sair resultado positivo das partidas", disse.