Futebol Nacional
1

PATROCÍNIO

Atlético e Cruzeiro têm encontro marcado com a Caixa Econômica para discutir patrocínio máster

Clubes mineiros estão com espaço principal livre na camisa para 2015

postado em 12/12/2014 15:07 / atualizado em 12/12/2014 15:20

Luiz Martini /Superesportes

Reprodução/Internet
Atlético e Cruzeiro têm boas chances de estampar a marca da Caixa Econômica Federal a partir de 2015. Os clubes têm reunião marcada com os representantes do Banco e, como estão com o principal espaço de publicidade na camisa disponível, podem fechar negócio.

O superintendente da área de promoções da Caixa, Gerson Bordignon, confirmou ao Superesportes que começará a discutir valores com Galo e Raposa.

“Temos reunião marcada com Cruzeiro e Atlético, mas ainda não chegamos a um acordo. Nas outras vezes que conversamos, já existia um patrocínio. É claro que as discussões podem se estender para o ano que vem, pois o momento é ruim, não estamos fechando novos contratos”.

Corinthians e Flamengo são os que recebem as maiores cotas de patrocínio do Banco. Os paulistas ganham mais de R$ 30 milhões anuais e o Flamengo recebe R$ 25 milhões. Sete clubes que disputaram a Série A em 2014 são vinculados à Caixa. Porém, Gerson admite que ainda não chegou a tratar de um número com os dirigentes mineiros. O encontro está previsto para os próximos dias, antes das festas de fim de ano.

“Ainda não discutimos valor. A ideia é encontrar este ano para olhar tudo. Mas temos que aguardar”

O momento de recessão econômica é outro motivo que facilitaria o acerto, pois não há muitas opções no mercado. O BMG, antigo patrocinador, pagava R$ 15 milhões anuais para cada um dos clubes, com atrativos em caso de conquistas. Como nos últimos dois anos, o Cruzeiro levou o bicampeonato brasileiro e o Atlético ganhou a Copa Libertadores, Recopa Sul-Americana e Copa do Brasil, os dois faturaram uma bonificação pelos troféus”, disse.

Ao contrário do BMG, que não abria mão da cor laranja nas camisas dos clubes mineiros, a logomarca da Caixa pode sofrer alterações em caso de acerto com Atlético e Cruzeiro. No caso da Raposa, a fonte seria branca no uniforme principal e azul no número 2. Já o Galo, por questões de rivalidade, pode sugerir um formato diferenciado para não usar as letras azuis em sua camisa.

Veja os valores que a Caixa paga a outros clubes (anuais):

Série A
Corinthians - R$ 30 milhões
Flamengo - R$ 25 milhões
Atlético-PR - R$ 6 milhões
Coritiba - R$ 6 milhões
Vitória - R$ 6 milhões
Figueirense - R$ 4,5 milhões
Chapecoense - R$ 4 milhões


Série B
Vasco - R$ 15 milhões
Atlético-GO - R$ 2,4 milhões
Paraná - R$ 2 milhões
América-RN - R$ 2 milhões
ABC - R$ 2 milhões

Tags: atleticomg cruzeiroec caixa patrocinio mercado master