Goiás

COPA DO BRASIL

Fernando Miguel brilha nos pênaltis, Vasco bate Goiás e avança na Copa do Brasil

Time carioca vence por 2 a 1 no tempo normal e se garante nas penalidades

postado em 26/08/2020 23:59

(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
 
Com grande atuação do goleiro Fernando Miguel, que pegou duas cobranças de pênalti, o Vasco carimbou sua classificação para a quarta fase da Copa do Brasil. Após vencer no tempo normal por 2 a 1, o time carioca superou o Goiás nas cobranças de pênalti, por 3 a 2. No jogo de ida, a equipe esmeraldina havia vencido por 1 a 0.

Fernando Miguel defendeu as cobranças de Rafael Moura e Marcinho - Daniel Bessa chutou para fora -, para selar a classificação do Vasco, que agora aguarda seu adversário na próxima fase, que sairá de sorteio a ser realizado pela CBF. O clube carioca ainda levou R$ 2 milhões de premiação pela classificação.

O JOGO

Com Thiago Larghi no comando - substituindo Ney Franco -, o Goiás teve uma postura mais agressiva frente ao Vasco. O time esmeraldino propôs o jogo e viu Fernando Miguel ser um dos principais destaques do primeiro tempo. Logo aos quatro minutos, Jefferson cobrou falta venenosa e exigiu boa defesa do goleiro, que jogou para escanteio.

A posse de bola era do Vasco, mas o Goiás continuou atacando. Em linda jogada, Victor Andrade chutou e parou em Fernando Miguel. Na sobra, Keko ajeitou para Gilberto, que recuou para o goleiro adversário. A resposta só veio aos 24 minutos, em tentativa de Talles Magno. A bola fez uma curva, mas Tadeu pegou.

Aos 32, Henrique fez seu primeiro com a camisa vascaína. O lateral avançou pela esquerda e cruzou. A bola pegou Tadeu de surpresa e terminou no fundo das redes. Após o gol, o Goiás foi novamente para cima e deixou tudo igual aos 43. Keko cobrou escanteio, Ricardo Graça desviou e Talles Magno deixou a bola chegar em Rafael Vaz, que só empurrou.

O segundo tempo começou em ritmo alucinante. O Vasco voltou mais atento e se colocou à frente do placar aos quatro minutos. Andrey fez fila na defesa do Goiás e deu para Talles. O atacante rolou para Benítez acertar um bonito chute. A bola desviou antes de enganar Tadeu. O terceiro só não veio, na sequência, pois o goleiro fez um milagre no arremate de Cano, de dentro da área.

O Goiás não ficou apenas esperando o Vasco e chegou aos 11 minutos em cabeçada, à queima-roupa de Rafael Moura, Fernando Miguel salvou. O goleiro fez outra grande defesa, em nova tentativa de He-Man. O time esmeraldino foi crescendo, mas continuou pecando nas finalizações. Na melhora delas, Rafael bateu chapado, rente ao gol de Tadeu.

Nos minutos finais, o Vasco também tentou liquidar a fatura, mas o chute de Carlinhos parou em mais uma grande defesa de Tadeu. O Goiás, no entanto, se segurou e acabou levando o duelo para os pênaltis.

Daniel Bessa abriu as cobranças e isolou. Cano fez o primeiro do Vasco, mas Rafael Vaz igualou e Yago Pikachu jogou nas mãos de Tadeu. Keko colocou o Goiás na frente. Benítez empatou e Rafael Moura tento surpreender e chutou no meio. Fernando Miguel ficou parado e defendeu. Bruno César marcou e o goleiro vascaíno segurou o chute de Marcinho para garantir a classificação do cruzmaltino.

GOIÁS 1 (2) x (3) 2 VASCO

GOIÁS 
Tadeu; Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Sandro (David Souza), Gilberto (Ratinho) e Daniel Bessa; Keko, Rafael Moura e Victor Andrade (Marcinho)
Técnico: Thiago Larghi

VASCO
Fernando Miguel; Yago Pikachu, Ricardo, Leandro Castan e Henrique; Andrey, Fellipe Bastos (Carlinhos) e Benítez; Vinícius (Guilherme Parede), Cano e Talles Magno (Bruno César)
Técnico: Ramon Menezes

Local: Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)
Data: quarta-feira, 26 de agosto
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
GOLS: Henrique, 32, Rafael Vaz, aos 43min do 1ºT; Benítez, aos 4min do 2ºT
Cartões amarelos: Fábio Sanches, Rafael Moura (GOI); Andrey (VAS)

Tags: goleiro vasco pênaltis copadobrasil goiasgo fernando miguel