Palmeiras

PALMEIRAS

Sondagem de Abidal impulsiona saída de Matheus Fernandes do Palmeiras para Barça

Time paulista deve receber R$ 24 milhões pela transferência do volante

postado em 31/01/2020 10:56

(Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A negociação sacramentada nesta quinta-feira com a ida do volante Matheus Fernandes, do Palmeiras, rumo ao Barcelona teve como um dos responsáveis um ex-jogador famoso e bastante respeitado dentro do futebol europeu. O ex-lateral-esquerdo francês e atual secretário técnico do clube catalão Éric Abidal participou das primeiras conversas para a saída do atleta. Nos primeiros seis meses na Espanha, o jogador será emprestado pelo Barcelona ao Valladolid, time presidido pelo ex-atacante Ronaldo, para pegar experiência.

Matheus Fernandes já se despediu do Palmeiras com um texto publicado nas redes sociais. "Me despeço e agradeço ao Palmeiras, clube que confiou no meu potencial e me contratou no ano passado. Meu obrigado também ao Botafogo", escreveu o volante em referência ao clube onde começou a carreira. O volante veio ao Palmeiras no início de 2019 em negociação de R$ 15 milhões. Pela transferência será pago agora R$ 32 milhões e depois mais outros R$ 18 milhões por bônus e metas.

A ida de Matheus Fernandes ao Barcelona renderá ao time alviverde cerca de R$ 24 milhões, já que era dono de 75% dos direitos econômicos. O Botafogo, dono do restante da parcela, terá direito a R$ 8 milhões. Pelo Palmeiras, o volante de 21 anos disputou apenas 12 partidas e marcou um gol, porém chamou a atenção do Barcelona e de Abidal pela pouca idade e pela qualidade para ajudar o ataque.

Abidal está com 40 anos e atualmente trabalha como secretário técnico do Barcelona. O francês esteve no Brasil em outubro do ano passado, quando observou alguns jogadores. Na passagem por São Paulo, o ex-lateral-esquerdo se encontrou com o então diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, e iniciou as conversas para levar Matheus Fernandes ao time catalão. A negociação só foi sacramentada em janeiro para esperar o período da janela de transferências da Europa.

O ex-jogador francês aproveitou a mesma passagem pelo Brasil para visitar o São Paulo. Abidal esteve no CT da Barra Funda e no estádio do Morumbi para observar algumas revelações do time. Em uma dessas ocasiões, chegou a conversar com o lateral-direito Daniel Alves, de quem foi colega por vários anos no Barcelona. O atual secretário técnico do clube teve atenção especial naqueles dias aos jogadores Antony, Liziero e Igor Gomes, consideradas como grandes apostas do São Paulo.

Abidal defendeu o Barcelona entre 2007 e 2013 e ganhou duas vezes a Liga dos Campeões da Europa. O francês enfrentou nesse período um grave tumor no fígado. A doença lhe obrigou a passar por um transplante do órgão em março de 2012. O então lateral-esquerdo ainda voltaria a atuar pelo clube. O retorno teve grande repercussão e foi marcado por várias homenagens pelo reconhecimento à luta de Abidal contra a doença. Nos anos seguintes ele ainda defenderia o Monaco e o Olympiacos, da Grécia, antes de se aposentar.

Tags: futinternacional