Vasco

CRUZEIRO

Cruzeiro afasta meia Thiago Neves por ir a show no Mineirão em momento delicado do clube

Gestor do futebol, Zezé Perrella disse que não gostou de saber que meia curtiu festa em momento delicado do time no Brasileiro

postado em 02/12/2019 15:58 / atualizado em 02/12/2019 17:42

(Foto: Twitter/reprodução)


O gestor do futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella, anunciou nesta segunda-feira o afastamento do meia Thiago Neves do elenco. A decisão foi motivada pela ida do jogador a um show de pagode no Mineirão na tarde desse domingo. 



Perrella considerou que a postura de Thiago Neves não foi condizente com o que se espera de um jogador no momento em que o clube luta para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

“Pra minha surpresa, logo que acordo de manhã, vejo nosso atleta, Thiago Neves, curtindo festa no Mineirão. Um jogador que está em recuperação, que poderia até ser aproveitado no próximo jogo. diferentemente do Leo, que, com a clavícula quebrada, acompanhou a delegação, torcendo pelo nosso time nesse momento difícil. Ele, ao contrário, preferiu fazer festa. Comemorando o que?”, disse Perrella nas redes sociais do Cruzeiro.

Thiago Neves tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2020. Apesar disso, ele treinará à parte. Perrella sugeriu que ele encontre um novo clube para defender.

“Eu quero comunicar que, a partir de agora, o Thiago não faz parte dos planos dessa diretoria. Nós temos um contrato com ele, o contrato tem que ser cumprido, mas, a partir de agora, ele treina à parte. E vamos torcer para que ele consiga arrumar um clube. Porque vestir a camisa do Cruzeiro, pelo menos enquanto eu aqui estiver, ele não veste mais. Um abraço a todos e vamos torcer para a gente sair dessa”, concluiu o dirigente.

Leia também: Afastamento de Thiago Neves no Cruzeiro gera zoeiras, reações positivas e discordâncias na internet

Thiago Neves compareceu no domingo à tarde ao evento Tardezinha, no Mineirão, que contou com o show do cantor de pagode Thiaguinho. O jogador ficou dentro de um camarote e estava acompanhado de quatro seguranças.

Leia, a seguir, o discurso completo de Zezé Perrella

Amigos, eu estou aqui na concentração do Cruzeiro preocupado, obviamente, como a maioria de vocês está, com esse jogo de hoje. E pra minha surpresa, logo que acordo de manhã, vejo nosso atleta, Thiago Neves, curtindo festa no Mineirão. Um jogador que está em recuperação, que poderia até ser aproveitado no próximo jogo. diferentemente do Leo, que, com a clavícula quebrada, acompanhou a delegação, torcendo pelo nosso time nesse momento difícil. Ele, ao contrário, preferiu fazer festa. Comemorando o que? Eu quero comunicar que, a partir de agora, o Thiago não faz parte dos planos dessa diretoria. Nós temos um contrato com ele, o contrato tem que ser cumprido, mas, a partir de agora, ele treina à parte. E vamos torcer para que ele consiga arrumar um clube. Porque vestir a camisa do Cruzeiro, pelo menos enquanto eu aqui estiver, ele não veste mais. Um abraço a todos e vamos torcer para a gente sair dessa.

Áudio vazado

Na semana passada, Thiago Neves havia sido pivô de outra polêmica. Logo após a derrota do Cruzeiro para o CSA, por 1 a 0, vazou um áudio no qual ele sugere que Zezé Perrella pague ao elenco 60% do salário de setembro, que estava em atraso. Na gravação, ele explica que o acerto motivaria o grupo para a partida e que nem seria necessário o pagamento de bicho para premiar os jogadores por um triunfo.

Ao apresentar o técnico Adilson Batista, Zezé Perrella comentou o episódio e culpou Thiago Neves pelo vazamento  do áudio. Apesar disso, o gestor de futebol entendeu que o conteúdo da gravação era algo normal e não gerou nenhum desconforto com o meia.

Tags: cruzeiro afastamento vascorj seriea thiago neves