Vasco

SÉRIE A

No Espírito Santo, Vasco empata sem gols contra o CSA e é vaiado pela torcida

Time carioca não sai do zero em Cariacica em duelo contra rebaixamento

postado em 04/08/2019 21:39 / atualizado em 04/08/2019 22:06

<i>(Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br
)</i>
O Vasco decepcionou os torcedores que foram até o Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), neste domingo, e não saiu de um empate sem gols contra o CSA em um confronto direto contra o rebaixamento. A partida foi válida pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar de estar invicto há três jogos, o Vasco deixou o campo debaixo de vaias dos torcedores. Com 14 pontos, o time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo está na 15.ª colocação. Já o CSA chegou à sexta partida sem vitória e, com oito pontos, é o 19.º e penúltimo colocado, na frente apenas do Avaí.

O jogo

O Vasco parecia estar sentindo falta de São Januário, tanto que foi dominado pelo CSA nos primeiros minutos. Em um chute de fora da área, Jonatan Gomez finalizou pela linha de fundo, assustando Fernando Miguel. Depois foi a vez de Didira cabecear com perigo.

Após esses lances, Vanderlei Luxemburgo esbravejou na beira do gramado, claramente insatisfeito com o futebol apresentado pelo time até agora. Mesmo que de forma lenta, o Vasco foi melhorando na partida, conseguindo ficar com a bola nos pés. Aos 32 minutos, Talles Magno rolou e Marquinhos chutou para fora.
Yago Pikachu recebeu de Bruno César e arriscou de longe, mas a bola subiu muito e saiu sem levar perigo. A partida seguiu para o intervalo sem maiores emoções, deixando insatisfeita parte da torcida presente no estádio Kleber Andrade.

Mais ligado no segundo tempo, o Vasco esboçou uma pressão nos primeiros minutos e quase abriu o placar aos 17 minutos. Henrique cruzou, Tiago Reis não desviou e Marrony, livre de marcação na segunda trave, desperdiçou uma grande chance ao mandar pela linha de fundo.

E quase que o CSA surpreendeu. Dawhan invadiu a área e chutou forte. A bola tinha endereço certo, mas Oswaldo Henríquez salvou em cima da linha. Aos 31 minutos, parte dos refletores do estádio se apagou e a partida ficou paralisada por quase 15 minutos.

Nos instantes finais, os dois times criaram oportunidades. O CSA assustou em cabeçada de Alan Costa e Fernando Miguel só observou. Na sequência, Talles Magno invadiu a área e bateu pela linha de fundo.

O Vasco volta a campo no próximo domingo contra o Goiás, às 19 horas, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, enquanto que o CSA recebe o Fortaleza, às 20 horas do próximo dia 12, uma segunda-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Os jogos são válidos pela 14.ª rodada.

VASCO 0 x 0 CSA

VASCO

Fernando Miguel; Yago Pikachu, Henríquez, Leandro Castan e Henrique; Richard, Raul (Valdívia) e Marquinho (Marcos Junior); Bruno César (Tiago Reis), Marrony e Talles Magno
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CSA
João Carlos; Apodi, Alan Costa, Luciano Castan e Carlinhos; Nilton (Jean Kléber), João Vitor (Naldo), Didira (Dawhan) e Jonatan Gomez; Maranhão e Alecsandro
Técnico: Argel Fucks

Local: Estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES)
Data: domingo, 4 de agosto
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Cartões amarelos: Oswaldo Henríquez, Talles Magno, Leandro Castan, Raul e Marcos Júnior (VAS); João Vitor (CSA)

Tags: vaias cariacica csaal vasco brasileirão seriea