Tênis

MASTERS DE MADRI

Federer salva 2 match points, bate Monfils e avança em Madri; Brasil perde 100%

Tenista suíço se credenciou para encarar o austríaco Dominic Thiem

postado em 09/05/2019 13:26 / atualizado em 09/05/2019 16:23

<i>(Foto: AFP / OSCAR DEL POZO )</i>
Roger Federer precisou salvar dois match points e sofreu muito para confirmar favoritismo nesta quinta-feira, mas venceu o francês Gael Monfils por 2 sets a 1, com parciais de 6/0, 4/6 e 7/6 (7/3), em duas horas de jogo, e garantiu a sua classificação às quartas de final do Masters 1000 de Madri.

De volta nesta semana a um torneio de saibro após três anos sem atuar neste tipo de superfície, o tenista suíço assim se credenciou para encarar nesta sexta-feira o austríaco Dominic Thiem, que horas mais cedo eliminou o italiano Fabio Fognini com um triunfo por 6/4 e 7/5.

Atual terceiro colocado do ranking mundial, Federer havia estreado na capital espanhola com uma vitória sobre outro francês, Richard Gasquet, que foi superado com facilidade. Agora, porém, o recordista de títulos de Grand Slam teve de suar muito para despachar Monfils, que sofreu a sua décima derrota em 14 duelos com o suíço.

Batido pelo perigoso rival em dois dos últimos três confrontos, sendo dois deles em piso de saibro, Federer deu a impressão de que iria atropelar o francês ao ganhar o primeiro set em apenas 18 minutos, tempo em que aplicou um "pneu" (6/0) ao confirmar todos os seus saques e ao aproveitar três de seis oportunidades de quebrar o serviço do rival.

Monfils, porém, deu início a uma forte reação no segundo set. Ele converteu dois de três break points e, com o saque quebrado por apenas uma vez, empatou o duelo. E o atual 18º colocado da ATP seguiu inspirado na terceira parcial, na qual abriu dois games de vantagem sobre o suíço ao conseguir uma nova quebra de serviço. Federer, porém, conseguiu reagir, devolveu a quebra e depois salvou dois match points quando sacou para empatar o duelo em 6/6 e forçou o tie-break. No desempate após passar pelo sufoco, o suíço foi bem superior e fechou a partida com um 7/3.

Outro suíço que garantiu classificação às quartas de final em Madri nesta quinta-feira foi Stan Wawrinka, que derrotou o japonês Kei Nishikori, sexto cabeça de chave, por 2 sets a 0, com 6/3 e 7/6 (7/3). O seu próximo rival sairá da partida entre o espanhol Rafael Nadal e o norte-americano Frances Tiafoe, também programada para ocorrer neste dia de partidas na Espanha.

DUPLAS - Dois brasileiros já atuaram nesta quinta em partidas válidas pelo torneio de duplas do Masters de Madri. E um deles, Marcelo Melo, acabou decepcionando ao lado do polonês Lukasz Kubot ao ser derrotado pela parceria formada pelo argentino Guido Pella e o português João Sousa por duplo 6/2.

Melo e Kubot defendiam a condição de cabeças de chave número 2 desta disputa na capital espanhola, mas foram eliminados nas quartas de final. Eles haviam levado a melhor sobre estes dois adversários no Masters de Miami, em quadra dura, nesta temporada, mas não repetiram o bom desempenho no saibro.

O brasileiro e o polonês não conseguiram aproveitar nenhuma das três oportunidades que tiveram de quebrar o saque de Pella e Sousa, que converteram quatro de nove break points para eliminar os favoritos em apenas 58 minutos.

Com esta derrota, o Brasil também deixou de ter 100% de aproveitamento nas duplas em Madri, que até então contava com três tenistas do País vivos na competição. E um que se manteve na luta pelo título foi Marcelo Demoliner, que ao lado do russo Daniil Medvedev se garantiu nas quartas de final com uma vitória sobre os espanhóis Roberto Carballes Baena e Jaume Munar por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 7/5.

Com o triunfo, eles avançaram para encarar o holandês Jean-Julien Rojer e romeno Horia Tecau, que haviam se classificado para esta próxima fase já na última quarta-feira.

No duelo que está programado para fechar a programação de confrontos do dia em Madri, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray enfrentarão o holandês Wesley Koolhof e o grego Stefanos Tsitsipas na luta por uma vaga nas semifinais. E, se Soares avançar, poderá encarar Demoliner em um eventual jogo que valeria um lugar na decisão.

Tags: madri fererer