Tênis

MASTERS 1000 DE MIAMI

Em Miami, Hubert Hurkacz bate italiano e conquista seu 1º Masters 1000

Além de embolsar o prêmio de US$ 300 mil (R$ 1,71 milhão), o jogador de 24 anos também subirá do atual 37º posto do ranking para o 16º

postado em 04/04/2021 16:50

(Foto: Matthew Stockman/Getty Images/AFP)
Em uma campanha perfeita, com seis vitórias sobre cinco cabeças de chave - sendo dois deles entre os Top 10 do ranking da ATP -, o tenista polonês Hubert Hurkacz conquistou neste domingo o título do Masters 1000 de Miami, disputado em quadras rápidas nos Estados Unidos, ao derrotar o italiano Jannik Sinner, uma das revelações do circuito profissional, por 2 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/4) e 6/4, após 1 hora e 43 minutos

Além de embolsar o prêmio de US$ 300 mil (R$ 1,71 milhão), o jogador de 24 anos também subirá do atual 37.º posto do ranking para o 16.º, o terceiro mais alto de um polonês na ATP - atrás de Wojtek Fibak (10.º) e Jerzy Janowicz (14.º). Hurkacz representa a renovação do tênis de seu país do lado masculino, já que Iga Swiatek surpreendeu com a conquista de Roland Garros do ano passado. Janowicz até então era o único polonês a decidir um Masters 1000 - na cidade de Paris, na França, em 2012.

Este é apenas o terceiro título de Hurkacz na carreira, mas ele se torna o único jogador em 2021 com dois troféus. A primeira conquista foi o ATP 250 de Winston-Salem, em 2019, e depois faturou o ATP 250 de Delray Beach, em janeiro deste ano. Assim, suas três taças foram ganhas nos Estados Unidos.

Sua campanha em Miami foi mais do que notável. Começou com vitória sobre o americano Denis Kudla e daí em diante fez uma "fila" de cabeças de chave, tirando os canadenses Denis Shapovalov e Milos Raonic, o grego Stefanos Tsitsipas e o russo Andrey Rublev, os dois últimos Top 10 do ranking. Por fim derrotou Sinner para ser campeão. Quatro desses nomes são considerados 'nova geração'.

A final começou com Hurkacz doutrinando e abrindo 3 a 0, só que Sinner minimizou os erros e igualou. O set seguiu empatado até o 5 a 5, quando o italiano quebrou e sacou para a parcial. Mas sentiu a pressão, errou quatro bolas e o duelo foi ao tie-break. O polonês aproveitou a queda do rival, fez 6 a 2 e fechou no segundo set-point após 59 minutos.

No segundo set, Sinner seguiu errando e o polonês ganhou confiança, abriu 4 a 0 e teve break-point para ter uma terceira quebra. Só que o italiano segurou o saque e sem pressão pelo placar passou a incomodar, devolveu uma das quebras e encostou em 3/4. Hurkacz se concentrou no serviço e apesar de um fim nervoso, liquidou a fatura e celebrou a conquista.

Tags: masters 1000 de miami Hubert Hurkacz