UAI

2

Tenista alemão Alexander Zverev é expulso de torneio após ataque de fúria

Parceiro de Marcelo Melo nas duplas, Zverev deu raquetas na cadeira do árbitro, após jogo pelo ATP 500 de Acapulco

23/02/2022 11:32 / atualizado em 23/02/2022 11:35
compartilhe
Alex Zverev se revoltou com algumas marcações da arbitragem, após a derrota no torneio de duplas para Lloyd Glasspool e Harri Heliövaara
foto: Reprodução de Internet

Alex Zverev se revoltou com algumas marcações da arbitragem, após a derrota no torneio de duplas para Lloyd Glasspool e Harri Heliövaara

O tenista alemão Alex Zverev, número 3 do ranking mundial de simples, foi desqualificado do ATP 500 de Acapulco, no México, nessa quarta-feira (22), após um ataque de fúria que quase resultou em agressão a um juiz de cadeira.



O atleta de 24 se revoltou com algumas marcações da arbitragem, após ter sido derrotado nas duplas por Lloyd Glasspool e Harri Heliövaara.

O parceiro de Zverev nas duplas é o mineiro Marcelo Melo, que viu de perto o alemão desferir raquetadas contra a cadeira do juiz, que, logo depois da atitude do tenista, desceu de seu lugar.

Zverev é o atual campeão do ATP de Acapulco e enfrentaria o compatriota Peter Gojowczyk pela segunda rodada de simples. Com a decisão da organização, Gojowczyk já está classificado para as quartas de final, com vitória por W.O.

Não é a primeira vez que o nome de Zverev é ligado a atitudes agressivas. O alemão é investigado pela ATP por denúncia de violência doméstica de uma ex-namorada.
Compartilhe