UAI

2

Minas e Cruzeiro têm o tira-teima na decisão da Superliga em Uberlândia

Com uma vitória para cada lado, rivais voltam ao Sabiazinho para derradeiro clássico que vale a taça da principal competição nacional

07/05/2022 10:01 / atualizado em 07/05/2022 17:05
compartilhe
Minas e Cruzeiro buscam cobiçada taça da Superliga em reencontro no Sabiazinho
foto: Agência i7/Cruzeiro

Minas e Cruzeiro buscam cobiçada taça da Superliga em reencontro no Sabiazinho


Minas e Cruzeiro entram novamente em rota de colisão na grande final da Superliga Masculina. Depois de uma vitória para cada lado, o terceiro e derradeiro confronto da decisão será neste domingo, às 10h, mais uma vez no Sabiazinho, em Uberlândia. O clássico será o 'tira-teima' para as duas melhores equipes da competição. O jogo terá transmissão da TV Globo e do SporTV 2.

O Cruzeiro saiu em vantagem e ganhou o primeiro duelo, no Ginásio Divino Braga, em Betim, no tie-break. O Minas deu o troco e bateu os celestes em outro jogo de cinco sets e muitas reviravoltas, semana passada, no Sabiazinho. A expectativa é de mais um clássico emocionante e que vale a hegemonia nacional para os rivais. 

Treino do Minas no Sabiazinho antes da final da Superliga Masculina



O Cruzeiro busca o sétimo título da Superliga - é o maior vencedor da competição neste modelo de disputa. O Minas almeja aumentar a galeria de troféus com a 10ª conquista em campeonatos nacionais. Foram quatro da Superliga Masculina: o tri em 1999/2000, 2000/01 e 2001/02, além da taça erguida na temporada 2006/07. 

Campeão seis vezes como jogador, Filipe Ferraz quer a primeira Superliga como técnico celeste
foto: Agência i7/Cruzeiro

Campeão seis vezes como jogador, Filipe Ferraz quer a primeira Superliga como técnico celeste



O clássico mineiro coloca em lados opostos o Minas, melhor time da fase de classificação e atual campeão da Copa Brasil, que tem o comando firme do técnico Nery Tambeiro, no clube desde 2014. No Cruzeiro, maior papa-títulos do vôlei brasileiro nos últimos anos, o treinador é um antigo ídolo da torcida e que busca o quinto troféu em menos de um ano de trabalho: Filipe Ferraz. 

O comandante celeste assumiu a função no lugar do consagrado Marcelo Mendez e colheu frutos logo no começo do trabalho. Ele levou o Cruzeiro aos títulos do Mundial de Clubes, Supercopa, Sul-Americano de Clubes e Mineiro. Campeão da Superliga dentro de quadra, como ponteiro, nas edições de 2017/18, 2016/17, 2015/16, 2014/15, 2013/14 e 2011/12, o ídolo espera ter o mesmo sucesso agora no banco. 

Treino do Cruzeiro no Sabiazinho antes da final da Superliga Masculina



Nery Tambeiro, que gosta de mesclar juventude e experiência nas equipes e é um descobridor de talentos para o vôlei, considera que o fato de o Minas estar em duas finais consecutivas da Superliga mostra o êxito do trabalho. Mas ele espera coroá-lo com o título, que para o clube não vem há 15 anos.

"Vivo essas finais com sentimento que estamos no caminho certo. Independentemente do resultado, podemos dizer que o nosso trabalho está dando frutos. Nos últimos dois anos, foram duas finais de Superliga, em que os jovens formados na nossa base foram essenciais para os resultados. Estamos focados em fazer um bom jogo, em buscar a vitória, mas também temos que olhar tudo o que já conquistamos até aqui", declarou.

O comandante celeste também aponta o sucesso no trabalho, embora demonstre confiança na conquista. "Nosso time está preparado para enfrentá-los. Estamos com um trabalho incrível na temporada, isso é resultado do empenho de todo o grupo", avaliou o ex-ponteiro. 

Sob o comando firme de Nery Tambeiro, Minas espera quebrar jejum na Superliga
foto: Minas/Divulgação

Sob o comando firme de Nery Tambeiro, Minas espera quebrar jejum na Superliga



Compartilhe