UAI

2

Minas renova com Nery Tambeiro e mantém comissão técnica no vôlei masculino

Treinador e comissão acertam permanência no clube para temporada 2022/23 e focam na manutenção do trabalho para conquista de títulos

20/07/2022 21:55
compartilhe
Minas renova com Nery Tambeiro e o restante da comissão técnica
foto: Orlando Bento/Minas

Minas renova com Nery Tambeiro e o restante da comissão técnica


O Minas assegurou a permanência da comissão técnica da equipe masculina de vôlei para a próxima temporada. Nesta quarta-feira, o clube anunciou a renovação do treinador Nery Tambeiro e seus auxiliares: o assistente Fernando Martins, o fisioterapeuta Filipe Galdino, o preparador físico Davidson Alves e o estatístico Luciano Minossi. 

Nery Tambeiro chegou ao Minas em 2014 e tem como filosofia apostar em um clube mesclado, com medalhões e jovens em busca de espaço. Com uma equipe sólida, ele comandou a equipe que foi campeã da Copa Brasil de 2022 e que foi vice nas duas edições anteriores da Superliga Masculina. Além disso, foi vice no Sul-Americano de Clubes, na temporada passada. 

"É uma honra vestir a camisa do Minas por mais uma temporada e estar à frente deste projeto maravilhoso. Esperamos estar nas finais e com alguns títulos até o final da temporada 2022/23, porém o caminho não será nada fácil. Vamos dar o nosso melhor dentro de quadra para buscar nossos objetivos", disse.

"Tenho certeza que a próxima Superliga será muito mais difícil do que a última. Teremos que trabalhar no limite pra alcançarmos os nossos objetivos, mas o grupo está motivado pra isso. Nossa equipe multidisciplinar, como sempre, está à disposição dos nossos jogadores pra ajudar no que for preciso para uma boa performance da equipe", completou Nery Tambeiro. 

Nery ganhou como reforços o ponteiro cubano Luis Elian, o levantador Rhendrick e o oposto André Saliba, contratados para a próxima temporada. O Minas renovou com o levantador William, dos centrais Matheus Pinta, Juninho e Kelvi Geovani, dos ponteiros Henrique Honorato, Arthur Bento e Marcus, dos opostos Leandro Vissotto e Paulo e do líbero Maique.  


Compartilhe