Cruzeiro

CRUZEIRO

Flávio Boson será o novo superintendente jurídico do Cruzeiro  

Advogado é especialista em Administração Pública, mestre em Direito Político e doutorando em Direito Constitucional

postado em 25/05/2020 09:21 / atualizado em 25/05/2020 12:41

(Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação)
O presidente eleito do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, anunciou nesta segunda-feira o advogado Flávio Boson Gambogi como novo superintendente jurídico. Ele foi membro de Tribunais de Justiça Desportiva nos últimos 12 anos. Além disso, em 2018, atuou como interventor na Federação Paraibana de Futebol (FPF).  

Gambogi é especialista em Administração Pública, mestre em Direito Político e doutorando em Direito Constitucional. Nos próximos dias, ele vai acompanhar Sérgio Rodrigues no processo de transição, inteirando-se das principais questões jurídicas da instituição. Cruzeirense e conselheiro suplente do clube, Flávio Boson ressaltou a alegria e a responsabilidade por assumir um cargo no clube.   

“Acredito que não somente eu, mas sobretudo os 9 milhões de cruzeirenses têm uma expectativa enorme acerca do que vai se passar daqui pra frente na gestão do Sérgio Santos Rodrigues. De minha parte, só tenho a agradecer a confiança que ele depositou em mim e espero fazer jus e honrar a nação cruzeirense com muito suor. Trabalharei firmemente para transformar essa confiança do presidente Sérgio, e de todos os cruzeirenses, nos resultados que ajudarão a levar o Cruzeiro ao lugar de onde não deveria ter saído”, afirmou Flávio Boson, que falou um pouco sobre as frentes de atuação a partir de agora. 

“Seria imprudente de minha parte apresentar algo mais concreto neste momento. Acho que primeiro é preciso uma ampla fotografia da situação, seguida de uma transição parcimoniosa do trabalho feito pelo Conselho Gestor, para aquele que desejamos imprimir, em sintonia com os anseios do presidente Sérgio e da torcida. E isso certamente nos direcionará para finalizar a apuração da lesão ao patrimônio do Cruzeiro e buscar a responsabilização dos autores dos desmandos, e, ao mesmo tempo, precisamos trabalhar junto ao financeiro pela reorganização do clube. Enfim, desejo contribuir para restabelecer nossa credibilidade, atuando com absoluta boa-fé e transparência, o que permitirá uma solução consensual dos muitos problemas, sobretudo com os credores, para que o Cruzeiro possa se reerguer antes de se sufocar na enormidade do seu passivo financeiro”, explicou.  

Flávio Boson Gambogi  


Advogado, Bacharel e Mestre em Direito pela UFMG  

Especialista em Administração Pública pela Escola de Governo da Fundação João Pinheiro  

Doutorando em Direito Constitucional pelo Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP  

Ex-Interventor da CBF na Federação Paraibana de Futebol  
Ex-Auditor do STJD do Futebol e do TJD/MG  

Conselheiro Seccional da OAB/MG

Tags: raposa clube jurídico cruzeiroec seriea