Cruzeiro

CRUZEIRO

Em conversa com jogadores, presidente do Cruzeiro demonstra confiança no elenco e promete esforço para solucionar problemas

Mandatário marcou presença no treino celeste desta sexta

postado em 29/05/2020 12:00 / atualizado em 29/05/2020 15:17

(Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
O presidente eleito do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, foi à Toca da Raposa II nesta sexta-feira e conversou com jogadores, comissão técnica e integrantes do departamento de futebol pela primeira vez. O dirigente prometeu dedicação para solucionar os problemas do time. Sérgio Rodrigues ficará no cargo até o fim do ano, quando será realizada nova eleição.

"Acho que a maioria já me conhece. Fiquei por dez anos no Cruzeiro, no jurídico, na gestão estratégica e em negócios internacionais. Perdi as últimas eleições e estamos voltando agora, que é o momento mais difícil da história do Cruzeiro, mas é de passagem. Não tenho dúvida nenhuma que é de passagem. Pela grandeza do Cruzeiro, a gente vai voltar para o lugar que a gente não deveria ter saído. Então, nós vamos fazer isso juntos", disse o presidente. 

 

"O time está em momento ruim, mas o Cruzeiro é igual casamento. É na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. Eu não vou desistir do Cruzeiro. Todo mundo aqui vai dar as mãos. Vocês podem ter a certeza que a minha função vai ser blindar o Cruzeiro. Vocês têm um papel importante fora do comum porque o nosso negócio é futebol. E fora de campo você vão ter uma pessoa que não dorme enquanto a gente não puder entregar isso para vocês de volta. O sangue que vocês dão dentro de campo, a gente vai dar do lado de fora", acrescentou Sérgio.

O presidente demonstrou
confiança no elenco. "Todo mundo achava que o Cruzeiro era terra arrasada. E não é. Nós vamos fazer isso com credibilidade e  criatividade. Vamos construir o novo Cruzeiro. Todo mundo que achou que a gente tinha acabado vai morrer de raiva. Quem achou que ia demorar cinco, dez anos vai morrer de raiva, nós vamos subir muito bem este ano, porque eu confio no elenco, vamos subir e voltaremos a ser competitivos na Série A".


Sérgio Rodrigues pega o Cruzeiro na pior crise da história. Dentro de campo, a Raposa vai disputar a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro pela primeira vez na história e com menos seis pontos na tabela depois de punição da Fifa pelo calote de uma dívida com o Al Wahda, dos Emirados Árabes.  

Fora dele, o presidente vai pegar um time endividado. O balanço do Cruzeiro registrou déficit de R$ 394.100.974 no período 2019, conforme levantamento realizado pela Moore Stephens Consulting News Auditores Independentes. A dívida total do Cruzeiro chegou a R$ 803.486.208 em 2019.

Segundo os auditores, há 'incerteza significativa' quanto à 'capacidade de continuidade operacional do clube' celeste. 

Tags: cruzeiro treino toca sergio