Cruzeiro

CRUZEIRO

As caras do 'novo Cruzeiro': às vésperas de posse, presidente já reformulou boa parte da equipe de trabalho; veja organograma

Conheça como está montado o organograma do clube celeste até aqui

postado em 30/05/2020 06:00 / atualizado em 30/05/2020 14:49

(Foto: Superesportes)

Sérgio Santos Rodrigues só tomará posse como presidente do Cruzeiro na próxima segunda-feira, mas vários profissionais de sua equipe já foram anunciados pelo clube celeste. Em reunião com os atletas nessa sexta-feira, o mandatário eleito rechaçou o termo ‘reconstrução’ e afirmou que seu objetivo será construir um 'novo Cruzeiro'. 

Ainda que o clube não tenha concluído a formatação de um novo organograma, já que novos profissionais ainda deverão ser anunciados nas próximas semanas, o Superesportes montou um esquema parcial, para apresentar tudo que já se sabe até aqui.

Vale lembrar que, além de possíveis contratações que poderão surgir, funcionários remanescentes de antigas gestões poderão ter a nomenclatura de seus cargos alteradas nas próximas semanas.

Abaixo, cada um dos números apresenta os profissionais que compõe a equipe de trabalho e estão posicionados na imagem acima:

  1. Sérgio Santos Rodrigues: eleito em 21 de maio, terá mandato até 31 de dezembro, inicialmente. Trabalhou em diferentes áreas do clube por 10 anos, inclusive no departamento de futebol, durante a gestão Gilvan de Pinho Tavares, e defende como pilar de gestão o profissionalismo.

  2. Edson Potsch: braço direito de Sérgio desde a última campanha à presidência, em 2017, também é filho do vice-presidente eleito Lidson Potsch. É advogado, mas migrou para a publicidade há dez anos. É dono de uma agência de live marketing em São Paulo e será chefe do setor que promete ser o carro-chefe da gestão de Sérgio no Cruzeiro.

  3. Flávio Boson: primeiro colaborador anunciado por Sérgio, integra o grupo de superintendentes que terão contato direto com o novo presidente. Flávio será responsável pelo departamento jurídico, substituindo Kris Brettas, que auxiliou o Conselho Gestor entre dezembro de 2019 maio de 2020.

  4. Sandro Gonzalez: remanescente da administração do Conselho Gestor, Sandro será responsável, como CEO, entre outras funções, de integrar as diferentes superintendências. Peça-chave na transição, elaborou um caderno com informações de todos os departamentos para a nova equipe de trabalho.  

  5. Daniel Baumfeld: homem de confiança de Sérgio, já havia sido indicado pelo advogado para cumprir a mesma função em 2015, quando o novo presidente exerceu o cargo de superintendente de futebol. Como novo responsável pelo departamento médico, será o elo entre diretoria e Sérgio Campolina, principal médico do clube.

  6. Leo Portela: deputado estadual pelo PL, ficará responsável pela relação do Cruzeiro com instituições governamentais. Durante a campanha de Sérgio, se mostrou incansável nas redes sociais para defender os planos e ideias de seu mais novo chefe. 

  7. Rodrigo Moreira: CEO da Smartalk, empresa mineira especialista em comunicação de impacto, Rodrigo vai liderar, no Cruzeiro, um comitê de inovação e digital. Será responsável, por exemplo, por ajudar a monetizar as redes sociais do clube, uma das grandes promessas de Sérgio durante a campanha. Trabalhará, inicialmente, ao lado de Henrque Portugal, tecladista da banda Skank, e de Gustavo Caetano, da Sambatech.

  8. Matheus Gonzaga: em cargo remunerado, o ex-profissional da Nestlé será o head de inteligência. Em resumo, de acordo com o Cruzeiro, será o principal responsável pelo relacionamento com o torcedor e pelas modificações que o programa de sócio-torcedor deverá enfrentar.

  9. Ricardo Drubscky: contratado pelo Conselho Gestor para dirigir as categorias de base, acabou promovido ao futebol profissional depois da demissão de Ocimar Bolicenho. Será mantido por Sérgio Rodrigues para liderar o grupo de jogadores no maior desafio do Cruzeiro em 2020: o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. 

  10. Sérgio Campolina: chefe do departamento até aqui, Sérgio Campolina seguirá como principal médico do Cruzeiro no dia a dia com os jogadores. Em ano de pandemia do coronavírus, será peça importante na condução dos trabalhos do clube na Toca da Raposa II. 

  11. André Argolo: contratado pelo Cruzeiro por indicação de Zezé Perrella no segundo semestre de 2019, ainda na gestão Wagner Pires de Sá, Argolo ganhou a confiança do Conselho Gestor e se tornou diretor-executivo do clube no período de reconstrução. Com Sérgio, assumirá a terefa de Relações Institucionais do Desporto. Ou seja, cuidará de tratativas com Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Federação Mineira de Futebol (FMF), entre outros.  

  12. Alisson Guimarães: no Cruzeiro desde o fim da gestão Gilvan de Pinho Tavares, deixou a comunicação para assumir a função de gerente de marketing no fim de 2019. Ainda não está definida qual será sua nova nomenclatura. Vale lembrar que marketing e comercial ainda contam com Renê Salviano e Rose Beatriz, cujos destinos também ainda são incertos. 

  13. Andreia Santos: assessora de imprensa institucional, a profissional, com experiência na direção de comunicação da equipe de vôlei, assumiu papel da relação com os jornalistas durante o período do Conselho Gestor na administração do clube. A tendência é que siga realizando esse papel, agora sob o comando de Sérgio Rodrigues. 

  14. Deivid: ex-jogador, ex-treinador e ex-auxiliar-técnico do Cruzeiro, será o homem de confiança de Sérgio no departamento de futebol. Ambos ficaram muito próximos desde 2016, quando trabalharam juntos no clube celeste. Será uma espécie de gerente de futebol, mas atuará mais no campo do que no escritório. 

  15. João Bosco Fountoura: até aqui, o profissional não foi anunciado oficialmente pelo Cruzeiro. No site oficial, no entanto, o clube trata o profissional como novo responsável pelo departamento de Obras e Patrimônio. Substitui, portanto, Alexandre Lemos, conselheiro remunerado que acabou expulso do clube e retornou ao Conselho por determinação judicial. 

  16. Bruno Faleiro: gerente de comunicação do Cruzeiro, já trabalhou com Sérgio Rodrigues em outras passagens do novo presidente pelo clube e deverá ser mantido na função. É hoje o principal responsável pelo relacionamento com a imprensa e profissional multi-função no dia a dia da Toca da Raposa II. 

  17. Benecy Queiroz: funcionário mais antigo do quadro de colaboradores do Cruzeiro, Benecy Queiroz também deverá permanecer no clube, em cargo ainda indefinido. Hoje seu cargo tem forte respaldo de membros importantes do Conselho Deliberativo. 

  18. Pedro Moreira: supervisor de futebol, é o responsável, desde a gestão de Gilvan de Pinho Tavares, por toda logística do departamento. Também trabalhou com Sérgio Rodrigues na primeira passagem do agora presidente pelo futebol da Raposa. 

Tags: Cruzeiro interiormg futnacional organograma seriea