Futebol Internacional

CAMPEONATO ALEMÃO

Monchengladbach vence Union Berlin em jogo marcado por protesto por morte de Floyd

Foi a segunda vitória do Borussia desde o retorno da competição

postado em 31/05/2020 13:47 / atualizado em 31/05/2020 13:54

(Foto: Martin Meissner/AFP)
O Borussia Monchengladbach bateu o Union Berlin na manhã deste domingo por 4 a 1, pela 29ª rodada do Campeonato Alemão. Dentro de casa, a equipe dominou as ações do jogo e conquistou uma vitória tranquia, a segunda no retorno da competição após a paralisação pelo coronavírus.

A partida foi marcada por protestos do jovem atacante Marcus Thuram, de 22 anos. Autor de dois gols, o francês se manifestou contra o racismo e a violência policial contra negros. As pautas têm sido temas de uma onda de protestos de rua nos EUA após a morte de George Floyd, homem negro, por um policial branco, em Mineápolis.

Após fazer um gol, Thuram não comemorou. Ao invés disso, ajoelhou-se, em gesto semelhante ao do jogador de futebol americano Colin Kaepernick. Em 2016, o então quarterback do San Francisco 49ers se ajoelhava durante o hino dos EUA antes da partidas, como forma de protesto contra o racismo no país.

Embalado com os gols de Thuram, o Monchengladbach chegou aos 56 pontos e subiu para a 4ª colocação, ultrapassando o Red Bull Leipzig, que joga na segunda-feira. Já o Union segue em 13º, com 31 pontos, tentando se afastar da zona de rebaixamento.

O placar foi aberto aos 17 minutos da primeira etapa, com Florian Neuhaus. Thuram fez o segundo aos 41 e ampliou a vantagem para o intervalo.

Na volta, os visitantes diminuíram logo aos cinco minutos, com Sebastian Andersson. Mas o Monchengladbach não se assustou com a reação. Thuram fez o segundo dele e o terceiro do time aos 14, e Alassane Pléa fechou a conta aos 36.

Tags: futinternacional alemaofut