Velocidade

FÓRMULA 1

Charles Leclerc fatura GP da Bélgica e garante a primeira vitória da Ferrari no ano

Piloto largou na pole e confirmou a vitória neste domingo

postado em 01/09/2019 11:44 / atualizado em 01/09/2019 12:36

<i>(Foto: AFP / Kenzo TRIBOUILLARD )</i>
Na manhã deste domingo, a Ferrari enfim conquistou sua primeira vitória na temporada da Fórmula 1. Charles Leclerc largou na pole-position e venceu o Grande Prêmio da Bélgica, a 13° etapa do calendário.

A segunda colocação ficou com Lewis Hamilton, da Mercedes, com Valtteri Bottas em terceiro e Sebastian Vettel em quarto. Max Verstappen, da Red Bull, abandonou a prova ainda no início, após toque em Kimi Raikkonen.

A Fórmula 1 retorna já no próximo final de semana, com o Grande Prêmio da Itália, no tradicional Circuito de Monza.

Na largada, Charles Leclerc conseguiu manter a ponta, ao passo que Sebastian Vettel perdeu a segunda colocação para Lewis Hamilton. Na sequência, contudo, o alemão da Ferrari recuperou a vice-liderança, e enquanto isso, Verstappen tocou em Kimi Raikkonen, sendo obrigado a deixar a prova e fazendo com que o safety car entrasse na pista.

Quando a corrida foi retomada, o monegasco da Ferrari disparou na frente, enquanto Vettel tentava abrir uma boa margem para Hamilton. Na sequência, Leclerc errou e saiu um pouco da pista, mas o incidente não foi suficiente para tirar sua liderança.

Sebastian Vettel foi o primeiro dos líderes a parar, e após colocar pneus médios, retornou na quinta colocação. Na sequência, todos os favoritos foram realizando suas paradas, e neste momento, o alemão assumiu a liderança. Não demorou muito, contudo, para Leclerc retomar a ponta, enquanto Hamilton aparecia em terceiro.

Aos poucos, o britânico da Mercedes ia se aproximando do alemão da Ferrari, que se defendia como podia. Faltando 12 voltas para o final, contudo, Hamilton conseguiu uma tranquila ultrapassagem e assumiu a segunda colocação. Logo depois, Vettel fez nova parada e voltou em quarto, atrás de Bottas.

Na vice-liderança, Lewis Hamilton fazia o que podia para buscar Leclerc. A diferença, que inicialmente era de cerca de seis segundos, chegou a cair para pouco menos de um, mas o monegasco estava mesmo mais rápido e conseguiu assegurar a sua primeira vitória na temporada.