Resumão da madrugada: queda no vôlei, prata no skate e finalistas no boxe

Seleção Brasileira Masculina de Vôlei perde para os russos e vai disputar o bronze; skate garante a terceira prata da modalidade e boxe pode levar dois ouros

05/08/2021 07:30 / atualizado em 05/08/2021 08:20
compartilhe
Pedro Barros levou a prata na categoria park, no terceiro segundo lugar da modalidade nos Jogos de Tóquio
foto: Loic VENANCE / AFP

Pedro Barros levou a prata na categoria park, no terceiro segundo lugar da modalidade nos Jogos de Tóquio

A quinta-feira começou com conquistas e decepções para o Brasil. O skate garantiu sua terceira medalha nos Jogos Olímpicos de Tóquio com o catarinense Pedro Barros. Ele se junta a Kelvin Hoefler e Rayssa Leal como os representantes da modalidade que subiram ao pódio no Japão.

Fotos da apresentação e do pódio de Pedro Barros no skate park




O Brasil disputará a medalha de bronze neste sábado, a partir de 1h30 (de Brasília). Os russos, que já haviam derrotado o Brasil na primeira fase, voltam à quadra para a final, também no sábado, às 9h15.

Para o levantador Bruninho e o ponteiro leal, o "apagão" sofrido pelo Brasil no no terceiro set foi determinante para o revés, que tirou a possibilidade de a Seleção chegar à quinta final olímpica seguida. 

Boxe

O Brasil conseguiu colocar dois atletas nas finais do boxe: Hebert de Souza e Bia Ferreira. Enquanto Hebert decidirá o ouro contra o ucraniano Oleksandr Khyzhniak (sábado, às 2h45), Bia, atual campeã mundial, vai encarar a irlandesa Kellie Anne Harrington – às 2h de domingo.

Atletismo


catarinense Darlan Romani, de 30 anos, alcançou o melhor desempenho da história do Brasil no arremesso de peso, com a quarta posição. Foi uma vitória pessoal para ele, que nos meses anteriores aos Jogos Olímpicos contraiu COVID-19, perdeu 10 quilos, ficou sem lugar para treinar, precisou passar por uma cirurgia... E chegou à competição como candidato ao pódio. Mas não era favorito.

Basquete

Os Estados Unidos venceram a Austrália por 97 a 78 e se garantiram na decisão do ouro no basquete masculino. A seleção norte-americana já foi campeão olímpica 15 vezes e busca o quarto ouro consecutivo. A final será às 8h de sábado.

Marcha atlética

Em sua terceira Olimpíada, o brasileiro Caio Bonfim terminou a marcha atlética de 20km na 13º colocação no Japão. Sob forte calor em Sapporo, ele cruzou a linha de chegada em 1h23min21, 2s16 mais lento que o italiano Massimo Stano, que desbancou o favoritismo dos japoneses para conquistar o ouro. Os anfitriões levaram a prata e o bronze, com Koki Ikeda e Toshikazu Yamanishi, respectivamente.

Plataforma

Outro grande destaque desta madrugada foi a atuação da chinesa Quan Hongchan, de 14 anos, nos saltos ornamentais – plataforma de 10m. Ela conquistou a medalha de ouro na final feminina com direito a 24 notas 10 dos juízes em cinco saltos. 

Compartilhe