UAI

2

Ariel Cabral comenta impacto do áudio de Thiago Neves no Cruzeiro em 2019

Meio-campista argentino relembrou como o grupo da Raposa recebeu a polêmica na época e criticou 'as pessoas que comandavam' o clube

22/06/2022 14:12 / atualizado em 22/06/2022 16:21
compartilhe
Thiago Neves e Ariel Cabral foram companheiros de Cruzeiro durante três anos
foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Thiago Neves e Ariel Cabral foram companheiros de Cruzeiro durante três anos


Ex-jogador do Cruzeiro, Ariel Cabral comentou o impacto do áudio vazado de Thiago Neves no grupo de atletas em 2019. Na ocasião, Thiago cobrou salários atrasados ao gestor de futebol, Zezé Perrela, e falou em obrigação de vitória celeste sobre o CSA.




Em participação no quadro Por Onde Anda?, do Superesportes, Ariel Cabral relembrou como a polêmica chegou aos atletas. Segundo ele, o grupo ficou muito chateado, mas o assunto rendeu pouco entre eles. 

"Nessa época estávamos no clube, na parte da palestra, todo mundo. As pessoas envolvidas conversaram sobre a questão. Perguntamos para os companheiros, o que aconteceu? Foi você que falou isso aqui? 'Não, não fui eu', outra pessoa também falou que não foi, então ficou essa loucura", revelou Cabral.

O meio-campista argentino também criticou os dirigentes da Raposa que, segundo ele, não conseguiram manter o grupo fechado.

"Mas não tínhamos tempo de analisar, nesse momento, essas coisas. Tínhamos que jogar outros jogos, outras coisas. Acho que o grupo ficou muito chateado pela situação. Coisas que, nesse tempo, as pessoas que comandavam não conseguiram fazer o grupo ficar fechado, junto. E quando isso não acontece, fica muito difícil", afirmou.

O áudio vazado tomou grandes proporções e virou até meme. O 'Fala, Zezé' ainda é dito como forma de provocação aos torcedores celestes. 

Aos 34 anos, Cabral está sem clube desde que deixou o Cruzeiro, em dezembro do ano passado. O argentino concedeu entrevista exclusiva ao Superesportes (veja aqui), falou sobre o momento atual da carreira, conquistas pelo clube celeste e outras polêmicas.

Ariel Cabral se despede do Cruzeiro com Mineirão lotado; veja



Já Thiago Neves não joga desde 2021, quando atuou pelo Sport. Juntos, os meio-campistas conquistaram duas Copas do Brasil pelo Cruzeiro, em 2017 e 2018, mas também estiveram no time que caiu para a Segunda Divisão.


Compartilhe