IDEALIZAÇÃO IDEALIZAÇÃO REALIZAÇÃO REALIZAÇÃO PROMOÇÃO PROMOÇÃO

TROFÉU TELÊ SANTANA

Perto de completar 200 jogos pelo Cruzeiro, Mano recebe Troféu Telê Santana pela primeira vez

Treinador comandou a Raposa no hexacampeonato da Copa do Brasil

postado em 13/02/2019 22:34 / atualizado em 13/02/2019 23:21

Matheus Muratori/Superesportes
Apesar de ter sua história ligada ao futebol mineiro há pelo menos três temporadas, Mano Menezes recebeu pela primeira vez o Troféu Telê Santana. A estatueta de melhor treinador de 2018 foi entregue ao gaúcho na noite desta quarta-feira, durante a cerimônia de premiação, no Mineirão. O técnico agradeceu o reconhecimento pelo trabalho realizado ano passado, quando o Cruzeiro levantou o hexacampeonato da Copa do Brasil.

"Fazer parte da festa aqui é um orgulho. Sinal de que você está dentro da história de um dos estados mais vencedores do futebol brasileiro. Conviver com grandes figuras e estrelas do passado me deixa orgulhoso. Estar aqui novamente já é motivo de bastante satisfação", ressaltou o treinador celeste.

"Só vem quem faz um ano bom, um ano vencedor. O Cruzeiro tem estado vencedor nos últimos anos e eu faço parte dessa engrenagem que venceu. Trago aqui no esfoço de todo mundo, a dedicação de todo mundo, a competência de todo mundo que nos fez vencedor. Ser tratado com diferenciação nesse mundo extremamente vencedor do futebol mineiro", complementou.

  

A primeira passagem do treinador pelo Cruzeiro começou em setembro de 2015. Na ocasião, Mano Menezes cumpriu a missão de tirar a equipe celeste da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. No fim do ano, ele recebeu oferta milionária do Shandong Luneng, da China, e deixou a Toca da Raposa II.

O retorno do treinador ao Cruzeiro aconteceu cerca de sete meses depois da polêmica saída. Mano foi contratado em julho de 2016 para substituir o português Paulo Bento. Desde então, o técnico conquistou duas Copas do Brasil, em 2017 e 2018, além do Campeonato Mineiro de 2018.

Mano Menezes completará 200 jogos como treinador do Cruzeiro no próximo domingo, quando a Raposa enfrentará o América, às 17h, no Independência. Até aqui, foram 97 vitórias, 58 empates e 44 derrotas, um aproveitamento geral de 58,2%. 

"Se para todos os agraciados esse troféu tem sabor especial, imagina para um técnico de futebol. Agradeço minha equipe, aos jogadores, ao Cruzeiro, ao torcedor. Tenho aqui a desejar aos concorrentes exatamente essa logevidade rara do futebol. Espero que no início de fevereiro de 2020 estejamos aqui Levir, eu e Givanildo para também disputar o próximo Troféu Telê Santana. É sinal de que o futebol mineiro andou bem", finalizou Mano Menezes.

Veja a lista dos vencedores do Troféu Telê Santana:

Goleiro: Fábio (Cruzeiro)
Lateral-direito: Emerson (Atlético)
Zagueiro: Leo (Cruzeiro)
Zagueiro: Dedé (Cruzeiro)
Lateral-esquerdo: Egídio (Cruzeiro)
Volante: Adilson (Atlético)
Volante: Henrique (Cruzeiro)
Meia: Thiago Neves (Cruzeiro)
Meia: Cazares (Atlético)
Atacante: Arrascaeta (Cruzeiro)
Atacante: Ricardo Oliveira (Atlético)
Técnico: Mano Menezes (Cruzeiro)

Craque do Ano: Arrascaeta (Cruzeiro)

Revelação: Emerson (Atlético)

Artilheiro da temporada: Ricardo Oliveira (Atlético), com 22 gols

Destaque do interior: Guarani (campeão do Módulo II do Mineiro em 2018)

Fair Play: Ipatinga (Projeto Torcida Limpa)

Homenagem especial: Minas Tênis Clube (medalha de prata no Mundial Feminino de Vôlei)

Tags: Mano Menezes mineiro2019 interiormg cruzeiroec cruzeiro