Atlético-GO

SÉRIE A

Red Bull Bragantino vence o Atlético-GO em duelo direto por posição

Em casa, time paulista se recupera e abre vantagem sobre Dragão

postado em 03/02/2021 21:45 / atualizado em 03/02/2021 22:02

(Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragatino)

Em confronto direto por uma vaga na pré-Libertadores, ou mesmo a Copa Sul-Americana, o Red Bull Bragantino derrotou, nesta quarta-feira à noite, o Atlético-GO, por 2 a 0, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A quarta vitória nos últimos cinco jogos fez o Red Bull Bragantino subir para os 47 pontos, enquanto o Atlético-GO estacionou nos 45.

O JOGO


Com os dois times em busca de uma vaga na Copa Libertadores, a partida começou bastante movimentada, mas faltava acertar o último passe. Tanto que a primeira boa oportunidade veio aos 16 minutos.

Marlon Freitas ficou com a sobra e bateu de primeira com perigo pela linha de fundo. O Red Bull Bragantino quase abriu o placar aos 30. Claudinho chutou rasteiro, Jean rebateu e Ytalo, no susto, não conseguiu completar para o gol.

A resposta do Atlético-GO veio em cruzamento rasteiro de Janderson para Matheus Vargas, mas Léo Ortiz cortou. Na cobrança, Marlon Freitas abriu o placar, mas o gol foi anulado por impedimento. Já nos acréscimos, Ytalo dominou dentro da área, girou e bateu para defesa de Jean.

Logo no começo do segundo tempo, Janderson puxou contra-ataque e passou para Wellington Rato. Cleiton saiu da área e evitou o gol A resposta do Bragantino foi mortal aos 11 minutos. Claudinho recebeu de Helinho no lado direito e cruzou para Ytalo só completar de chapa de pé.

O jogo ficou aberto. Wellington Rato desviou cruzamento, a bola bateu em Cleiton e Edimar tirou quase em cima da linha. Depois foi a vez de Artur arriscar de fora da área e Jean espalmar. Aos 24, Edimar cabeceou por cima.

Com o Atlético-GO partindo para cima, o Bragantino passou a ter espaço para os contra-ataques. Ytalo ajeitou e Ricardo Ryller isolou. Aos 27, Artur recebeu dentro da área e bateu para grande defesa de Jean.

Aos 32, Wellington Rato arriscou e a bola passou levando perigo para o gol de Cleiton. Em mais um contra-ataque, Cuello recebeu de Claudinho e bateu em cima de Jean. Depois o goleiro fez grande defesa em chute de Bruno Tubarão.

Já nos acréscimos, o árbitro assinalou pênalti com a ajuda do VAR depois da bola ter batido no braço de Ritchely após cabeçada de Ytalo. Claudinho, que completava seu centésimo jogo pelo Bragantino, cobrou bem, deslocou o goleiro e bateu no alto, e se isolou na artilharia do Brasileirão, com 17 gols.

Os dois times voltam a campo no final de semana pela 35ª rodada. O Red Bull Bragantino recebe o Flamengo, às 20h30, do domingo, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. No sábado, às 21 horas, o Atlético-GO recebe o Santos, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

RED BULL BRAGANTINO 2 X 0 ATLÉTICO-GO


RED BULL BRAGANTINO
Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar (Luan Cândido); Raul, Eric Ramires (Ricardo Ryller) e Claudinho (Vitinho); Artur (Cuello), Ytalo e Helinho (Bruno Tubarão)
Técnico: Maurício Barbieri

ATLÉTICO-GO
Jean; Dudu, João Victor, Éder e Natanael; Willian Maranhão (Pereira), Marlon Freitas (Vitor Leque), Matheus Vargas (Ritchely) e Chico (Danilo Gomes); Janderson (Arnaldo) e Wellington Rato
Técnico: Marcelo Cabo

Local:
Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: quarta-feira, 3 de fevereiro
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
GOLS: Ytalo, aos 11, e Claudinho, aos 48min do 2ºT
Cartões amarelos: Ligger, Léo Ortiz e Helinho (Red Bull Bragantino); Willian Maranhão, Rithely e Wellington Rato (Atlético-GO) 

Tags: seriea atleticogo red bull bragantino