Atlético

ATLÉTICO

Em provável estreia de Vargas, Atlético tenta retomar liderança em duelo com Corinthians

Equipes se enfrentam neste sábado, pela 21ª rodada do Brasileirão

postado em 14/11/2020 06:00 / atualizado em 13/11/2020 19:41

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)
Nada como encerrar a sequência ruim com uma convincente vitória sobre o Flamengo. Com o moral elevado após a goleada por 4 a 0 no Mineirão, o Atlético agora volta a mirar de mais perto a liderança do Campeonato Brasileiro. E pode retomá-la já neste sábado, quando visita o Corinthians, a partir das 19h, na Neo Química Arena. A partida vale pela 21ª rodada - a segunda do returno.

Na missão de reconquistar a ponta da tabela - que atualmente pertence ao Internacional -, a equipe alvinegra terá um reforço de peso. Contratado há uma semana, o atacante chileno Eduardo Vargas viajou a São Paulo com a delegação atleticana e deve ser escalado como titular pelo técnico Jorge Sampaoli.

“Estou à disposição do técnico e do time. Se ele me coloca para jogar, vou tentar jogar os 90 minutos. Já estava treinando lá, estava jogando. Então, estou bem”, afirmou o jogador, em entrevista de apresentação. A última partida de Vargas foi em 24 de outubro, quando defendeu o Tigres no empate por 1 a 1 com o Juárez, pelo Campeonato Mexicano.

Cenários pela liderança


Atualmente, o Atlético ocupa a vice-liderança, com 35 pontos - mesmo número do terceiro colocado Flamengo e um a menos que o Inter. Em quarto lugar, o São Paulo tem 33 e também pode fechar o sábado na ponta. O trunfo alvinegro na disputa é o número de vitórias, primeiro critério de desempate: 11, contra nove de paulistas e dez de gaúchos e cariocas.

O Atlético pode terminar a rodada entre a primeira e a quarta colocações. Para assumir a liderança, há dois cenários possíveis. No primeiro, o time alvinegro vence e conta com um tropeço do Internacional contra o Santos, em jogo marcado para 16h30, na Vila Belmiro. No segundo, um eventual empate com o Corinthians deve ser acompanhado por um revés colorado e no máximo uma igualdade do Flamengo com o Atlético-GO, em partida das 21h30, no Maracanã.

Atlético



Como sempre, a escalação do Atlético de Sampaoli é um mistério. Porém, há uma tendência de que o técnico abandone o sistema com três zagueiros, utilizado contra o Flamengo, e volte a escalar uma dupla de defensores. Sem Junior Alonso (convocado pela Seleção Paraguaia), Réver deve ter a companhia de Igor Rabello no setor.


No meio-campo, a expectativa é pela volta de Nathan, ausente no último fim de semana em função de um edema na coxa. Matías Zaracho também deve ser titular, na vaga deixada por Alan Franco (está com a Seleção Equatoriana). No ataque, a grande novidade deve mesmo ser Vargas. O chileno de 30 anos tende a assumir o posto de Savarino (convocado pela Venezuela) e formar trio com Sasha e Keno.

Além dos convocados, Sampaoli deverá ter quatro desfalques: o volante Jair (lesão), o atacante Sávio (com COVID-19), o lateral-direito Mariano (lesão) e o atacante Diego Tardelli (ainda em recuperação após cirurgia).

Corinthians


Comandado pelo ex-atleticano Vagner Mancini, o Corinthians ocupa a 11ª colocação da Série A, com 25 pontos ganhos em 20 partidas disputadas. Para o duelo deste sábado, o treinador terá impressionantes 13 ausências, entre lesionados, jogadores com COVID-19, suspenso e aqueles que ainda não têm condições físicas para atuar (veja todos na galeria a seguir).

Dos ausentes, cinco são ex-atleticanos: o lateral-esquerdo Fábio Santos, o zagueiro Jemerson, os meias Otero e Cazares, além do centroavante Jô. A principal dúvida é no meio-campo, em vaga disputada por Camacho e Cantillo.

CORINTHIANS X ATLÉTICO


Corinthians
Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Gabriel, Cantillo (Camacho) e Luan; Everaldo, Ramiro e Davó
Técnico: Vagner Mancini

Atlético
Everson; Guga, Réver, Igor Rabello e Guilherme Arana; Allan, Nathan (Hyoran) e Zaracho; Eduardo Vargas, Eduardo Sasha e Keno
Técnico: Jorge Sampaoli

Motivo: 21ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data e horário: sábado, 14 de novembro de 2020, às 19h (de Brasília)
Local: Neo Química Arena, em São Paulo

Árbitro: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Tags: galo brasileiro campeonato brasileiro vargas brasileirao atleticomg interiormg serie a futnacional corinthianssp seriea eduardo vargas