UAI

2

Turco assume responsabilidade por momento ofensivo ruim e derrota do Galo

Técnico lamentou falta de mobilidade da equipe no setor ofensivo e erros na defesa que culminaram com fim da invencibilidade na Copa Libertadores

26/05/2022 00:10 / atualizado em 26/05/2022 00:31
compartilhe
Turco Mohamed diz que vai trabalhar para time conseguir quebrar retrancas adversárias
foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Turco Mohamed diz que vai trabalhar para time conseguir quebrar retrancas adversárias

O Atlético voltou a ser derrotado na Copa Libertadores. Depois de 18 partidas de invencibilidade, o Galo caiu para o Tolima, na noite desta quarta-feira, por 2 a 1, no Mineirão, em duelo que fechou a fase de grupos para as duas equipes. Apesar do resultado negativo, o Alvinegro terminou com o primeiro lugar.

Possíveis adversários do Atlético nas oitavas da Libertadores




"A equipe está acostumada a jogar com extremos, que tem o um contra um, ou jogadores que têm mais mobilidade para chegar à área. Hoje não tivemos. Tentamos fazer de outra forma. Quando a equipe não ganha, é minha responsabilidade. Jogamos mal ofensivamente. Não tivemos claridade, mobilidade e profundidade. Temos que melhorar, porque sabemos que todos os times vão jogar com os blocos baixos contra a gente. Vamos trabalhar e aprender com essa derrota", disse.

Turco afirmou que outro ponto negativo nesta noite foi o setor defensivo. O Galo sofreu dois gols em erros de marcação e posicionamento, lances que culminaram com a derrota para o Tolima. O treinador lamentou também a falta de objetividade da equipe em certos momentos da partida.

"Nós jogamos para ganhar. Às vezes se joga bem, às vezes se joga mal. Ofensivamente, jogamos mal. Depois, cometemos erros defensivos e perdemos a partida. Hoje faltou mobilidade, entender melhor o jogo na parte ofensiva. Por isso, tivemos a sensação de ter muita posse de bola desnecessária. É uma situação que temos que seguir trabalhando e melhorando", completou.

Apesar da derrota, o Atlético terminou o Grupo D na liderança e vai decidir as oitavas de final em casa (o sorteio será na próxima sexta-feira). Turco afirmou que o Galo encarou uma chave complicada e faz alerta para que erros como o desta noite não sejam cometidos nos confrontos eliminatórios.

"Era um grupo muito difícil. Nós tínhamos como objetivo terminar em primeiro lugar. E conseguimos, com a mesma pontuação do Tolima. Era um jogo que tínhamos que ganhar, mas perdemos. Mas foi melhor perder agora. Não perdemos o primeiro lugar. Tem que servir para aprender, porque se acontece no mata-mata, a gente ficaria fora e seria um grande fracasso", concluiu.

Fotos de Atlético x Tolima pela Copa Libertadores



Compartilhe