UAI

2

'Praticamente impossível', diz Caetano sobre permanência de Alonso em 2023

Defensor tem contrato de empréstimo com o Galo até o fim da temporada 2022 e deve voltar ao Krasnodar, da Rússia, no próximo ano

Junior Alonso foi comprado pelo Krasnodar por cerca de R$ 47 milhões neste ano
foto: Pedro Souza/Atlético

Junior Alonso foi comprado pelo Krasnodar por cerca de R$ 47 milhões neste ano

O torcedor do Atlético que sonha com uma renovação de contrato do zagueiro Junior Alonso recebeu uma notícia nada animadora nesta quinta-feira. Em participação no podcast Superesportes Entrevista, o diretor de futebol do Galo, Rodrigo Caetano, afirmou que o defensor paraguaio não deve continuar no clube em 2023.

"Adoraria não ter que entregar o Alonso. Mas acho que é pouco provável que ocorra. Imagina que um clube pague o que pagou para nós, nos empresta por um ano e vai abrir a possibilidade de não tê-lo? Acho praticamente impossível. Não vejo a menor possibilidade de uma extensão do empréstimo do Junior Alonso no ano que vem. Não que a gente não queira, mas é praticamente impossível", disse o dirigente.

Alonso está no Galo por empréstimo até o fim do ano. No início da temporada, ele foi vendido ao Krasnodar, da Rússia, por cerca de R$ 47 milhões. 

O zagueiro, no entanto, não chegou a estrear oficialmente pelo novo clube. A guerra entre a Rússia e a Ucrânia, no entanto, ocasionou na paralisação dos campeonatos de futebol locais.

O Atlético aproveitou a 'oportunidade de mercado' e contratou Alonso. No entanto, a expectativa por uma renovação do empréstimo não existe na cúpula alvinegra.

No total, Junior Alonso soma 103 jogos com a camisa do Atlético. O zagueiro, que fez dois gols pelo clube, soma cinco títulos conquistados: três estaduais (2020, 2021 e 2022), Campeonato Brasileiro (2021) e Copa do Brasil (2021). 

Possíveis adversários do Atlético nas oitavas da Libertadores



Compartilhe