UAI

2

Atlético fará grandes investimentos na próxima janela? Caetano responde

Em entrevista coletiva, diretor de futebol falou sobre o orçamento do clube para a próxima janela de transferências; Galo deve adotar postura 'cautelosa'

14/06/2022 05:00
compartilhe
Rodrigo Caetano assegura que Atlético adotará postura cautelosa na próxima janela de transferências
foto: Leandro Couri/EM/D.A Press

Rodrigo Caetano assegura que Atlético adotará postura cautelosa na próxima janela de transferências


O Atlético fará grandes investimentos na próxima janela de transferências? Nesta segunda-feira (13), em entrevista coletiva concedida na Cidade do Galo, em Vespasiano, o diretor de futebol Rodrigo Caetano respondeu ao questionamento.
 
 

De início, o dirigente assegurou que o Atlético não fará grandes investimentos. Caetano afirma que o clube mineiro não tem a intenção de "acumular jogadores" para montar um plantel extenso. Ele ainda relembrou os movimentos de saídas e realocações de atletas para redução das despesas.

"De investimentos não. Se nós vamos achar alguma boa oportunidade, que venha agregar... Mas nós não vamos acumular atletas aqui. Nós fizemos alguns tantos movimentos de empréstimos, de realocações de atletas, e que, muitas das vezes, esses atletas estavam na folha do Galo. É um trabalho constante de recolocar alguns jogadores. Outros que conseguimos através de um empréstimo inicial, depois conseguimos vender. A gente gerou muita receita de jogadores que não estavam aqui, que não impactaram no nosso elenco", disse.

Caetano assegura que o Atlético adotará uma postura "cautelosa" na próxima janela. O dirigente afirmou que o clube não fará grandes investimentos, já que o orçamento não permite isso. Ele ainda garante que o Galo seguirá atento a boas oportunidades de mercado, como jogadores sem contrato ou em fim de contrato - casos do zagueiro Jemerson e do atacante Pavón, respectivamente.

"Agora, é muito pouco provável que haja um investimento, porque não temos ainda orçamento para isso. Pelo contrário, a gente procurou atingir um número desejado de vendas. O que eu posso dizer é que, em caso de perda de alguém (jogador titular ou nível de titularidade), nós, obrigatoriamente, vamos ter que buscar uma peça de reposição à altura. Isso é a única certeza que temos, já somados a algumas boas oportunidades que possam surgir, sem a necessidade do investimento inicial", afirmou.

"Jogadores que estejam em fim de contrato, ou que seja uma situação menos onerosa. Vamos tentar melhorar sempre, mas não com a intenção de acúmulo. Não com a intenção de quantidade. Se, no entendimento de todos, for para qualificar, ok. É nossa obrigação estar no mercado. No mínimo, vamos estar atentos. Agora, se vamos agir para trazer, só se no entendimento de todos for para melhorar a qualidade do nosso elenco", completou.

Turco está satisfeito com o elenco do Atlético?


Nos últimos dias, alguns portais divulgaram uma suposta cobrança do técnico "El Turco" Mohamed por melhorias no elenco atleticano. Caetano, no entanto, garante que nada houve neste sentido. Ele enfatiza a satisfação do treinador argentino com as peças que tem à disposição.

"Desde que ele (El Turco) chegou - e até antes, nas conversas que tínhamos em relação à vinda dele -, ele sempre se mostrou muito satisfeito com o elenco. (...) Em momento nenhum, manifestou insatisfação em relação ao elenco. Isso eu posso afirmar", pontuou Caetano.
 
 

Galo pretende vender atletas na próxima janela?


Com um elenco repleto de peças com bom valor de mercado, associado à necessidade de vendas para melhorar a saúde financeira do clube, o Atlético pode ter saídas na próxima janela de transferências.

Rodrigo Caetano garante, no entanto, que o Galo ainda não recebeu nenhuma proposta oficial. Ainda assim, o diretor de futebol enfatizou que não pode assegurar a manutenção de todo o elenco atual.

"Negócios de saída a gente não controla muito, né? Porque o que eu posso afirmar até agora é que nós não tivemos nenhuma proposta oficial por nenhum atleta nosso. Mas eu não posso chegar aqui e ser irresponsável ao ponto de dizer que não vai sair ninguém. Não sei. Vai depender muito se vem proposta, para quem vem e qual o movimento, a real necessidade do clube. Até agora, não tivemos nada", encerrou.
 
 

Compartilhe