UAI

2

Meia, ponta e falso 9: Pedrinho coloca versatilidade a serviço do Atlético

Meia-atacante de 24 anos foi apresentado oficialmente e garantiu que está em boa forma para estreia, que deve ocorrer somente em agosto

07/07/2022 13:05 / atualizado em 07/07/2022 16:16
compartilhe
Pedrinho recebeu a camisa 37 do Atlético das mãos do diretor Rodrigo Caetano
foto: Reprodução

Pedrinho recebeu a camisa 37 do Atlético das mãos do diretor Rodrigo Caetano


Um dos quatro reforços do Atlético para a sequência da temporada, Pedrinho foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira (7), na Cidade do Galo. Versátil, o meia-atacante de 24 anos comentou sobre as características em campo e se colocou à disposição do técnico Antonio Mohamed para atuar em diversas funções. 

Números da carreira de Pedrinho, reforço do Atlético



"O Atlético tem um elenco de muita qualidade em todos os aspectos e tem um leque muito grande de opções. Eu posso atuar como meio-campo, onde fiz muitos jogos pela Seleção Brasileira de base, e também posso jogar de ponta ou onde que o treinador queira me utilizar. No Shakhtar, eu estava jogando como falso 9. Venho para trabalhar firme e forte, com a minha humildade, para atuar onde o professor pedir. Minhas características são de drible, passes e finalização. Quero agregar ao grupo de alguma maneira", declarou o jogador de 24 anos, que recebeu a camisa 37 do Atlético. 

Pedrinho já treina normalmente com os companheiros, mas só poderá estrear pelo Atlético a partir de agosto. De acordo com o Galo, essa resolução é específica para os casos de atletas vindos da Ucrânia e foi publicada no site da Fifa e encaminhada para as confederações nacionais. O meia-atacante pertence ao Shakhtar Donetsk e assinou contrato de empréstimo com o clube mineiro até junho de 2023.

Na apresentação, Pedrinho ressaltou a motivação para a estreia no Atlético e garantiu que está em ótima forma física, apesar do longo período de inatividade. Ele não entra em campo desde dezembro de 2021. Em fevereiro deste ano, o futebol na Ucrânia foi paralisado por conta da guerra com a Rússia. 

"A expectativa é grande para estrear, mas sigo trabalhando no dia a dia para evoluir a parte física. Não faço um jogo oficial há muito tempo. Independentemente de quando eu for estrear, eu quero estar no meu melhor nível. Eu quero estar preparado física e mentalmente para dar o meu melhor e ajudar o Atlético", comentou. 

"Estou muito feliz pela forma que eu cheguei aqui. Achei que demoraria um pouco para pegar a intensidade, mas eu já vinha trabalhando em Maceió, no CSA. Isso fez com que eu chegasse em uma forma física muito boa, fazendo ótimos treinamentos. Espero colocar isso em prática nos jogos, com a minha intensidade,velocidade, drible, para trazer a torcida para o jogo. Eu sei da pressão que a torcida coloca. Quero estrear logo para mostrar tudo que eu sei", complementou. 

Além de Pedrinho, o Atlético se reforçou com os atacantes Cristian Pavón e Alan Kardec para a sequência da temporada. Outra novidade no elenco para a sequência da temporada foi o retorno do zagueiro Jemerson. 

Veja todos os reforços contratados por Rodrigo Caetano no Atlético




Compartilhe