UAI

2

'Vai ser inferno': Braz, do Flamengo, reforça clima em decisão com Atlético

Vice de futebol do Flamengo repetiu a expressão usada pelo atacante Gabigol logo depois do jogo de ida, no Mineirão, onde o Flamengo foi derrotado por 2 a 1

10/07/2022 21:06
compartilhe
Marcos Braz voltou a esquentar o clima do duelo entre Flamengo e Atlético pelas oitavas de final da Copa do Brasil
foto: Marcelo Cortes/Flamengo

Marcos Braz voltou a esquentar o clima do duelo entre Flamengo e Atlético pelas oitavas de final da Copa do Brasil



Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz voltou afirmar, neste domingo (10), que o Atlético enfrentará um "inferno" no Maracanã na próxima quarta-feira (13), a partir das 21h30, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil.




Na ocasião, Gabigol disse que o confronto com o Galo estava aberto e que os rivais conheceriam no Rio, "o que é pressão e inferno".

O Flamengo precisará vencer o Galo por dois gols de diferença para avançar às quartas de final diretamente. Se triunfar por vantagem mínima, a decisão da vaga será nos pênaltis.

Logo depois da derrota do Flamengo por 1 a 0 para o Corinthians, neste domingo, em Itaquera, pelo Brasileiro, Marcos Braz voltou a falar do confronto com o Atlético e repetiu o discurso de Gabigol.

"Eu tenho absoluta certeza que vai chegar com bastante tranquilidade, o time é muito experiente. Alguns jogadores que poderiam vir pra cá., não vieram por um resguardo maior nesse jogo de quarta-feira. E é aquilo: o Maracanã vai estar lotado, vai ter uma grande festa e vai ser um inferno. Essa é que é a verdade", declarou Braz.

O vice-presidente de futebol do Flamengo prosseguiu: "Só que isso aí, quando a gente fala isso, não é em relação a ter nenhum tipo de problema, é em relação à pressão, ao Flamengo querer ganhar, ao empenho dos jogadores, à raça dos jogadores e à força da torcida do lado de fora, empurrando mais do que nunca o Flamengo. O futebol está ficando muito chato, qualquer declaração é polêmica. A gente tem que começar a humanizar mais ainda. Isso aí é bom pros jornalistas, é bom para o futebol, é bom para todo mundo. Mas lá vai ser um inferno".

Atlético chegou a pedir punição a Gabigol


Em 25 de junho, o Atlético pediu ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) uma punição ao atacante Gabigol, do Flamengo. Na visão do Alvinegro, o jogador do Flamengo incitou violência ao dizer que o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil será um inferno para a equipe atleticana. 

Outro pedido feito pelo Atlético é que a Torcida Jovem do Flamengo não compareça ao Maracanã. Circularam nas redes sociais postagens da organizada incitando os membros a levar barras de ferro e facão para o estádio e que as agressões estavam liberadas para qualquer torcedor vestindo preto e branco. As postagens foram apagadas.
 
A Torcida Jovem, do Flamengo, no entanto, já está proibida de frequentar os estádios.
 
Na última sexta-feira (8), o STJD decidiu arquivar a denúncia do Atlético por discordar das queixas do clube mineiro.

Compartilhe