UAI

2

Globo Rural zoa eliminação do Galo com trecho da música 'Nota de Repúdio'

Perfil da revista usou frase de Gusttavo Lima para zoar a derrota do Atlético para o Flamengo nas oitavas de final da Copa do Brasil

14/07/2022 18:24 / atualizado em 14/07/2022 18:28
compartilhe

Perfil oficial da Revista Globo Rural zoou a eliminação do Atlético para o Flamengo na Copa do Brasil
foto: Reprodução

Perfil oficial da Revista Globo Rural zoou a eliminação do Atlético para o Flamengo na Copa do Brasil

 

A derrota do Atlético por 2 a 0 para o Flamengo, na Copa do Brasil, segue repercutindo nas redes sociais. A Revista Globo Rural, publicada pela Editora Globo, também entrou na brincadeira e zoou a eliminação do time alvinegro nas oitavas de final do torneio.

 

Nesta quarta, o perfil oficial da publicação sobre agronegócio compartilhou no Twitter uma matéria de 2017 chamada "Saiba como tratar o galo com sarna". Na legenda, a Globo Rural ainda escreveu "Eu venho a público manifestar minha indignação", junto a emojis musicais. 

 

A frase faz parte da música Nota de Repúdio, do cantor cruzeirense Gusttavo Lima. O Atlético tem sido bastante alfinetado por torcedores de outros clubes brasileiros por conta de suas notas oficiais, publicadas após acontecimentos polêmicos. 

 

 

 

Atrito com Mineirão sobre Pavón 

 

A postagem do Globo Rural faz referência ao atrito entre Atlético e Mineirão, no início de julho. Na ocasião, o Galo manifestou sua indignação com uma publicação feita pelo nas redes sociais do estádio.

Após o anúncio da contratação de Pavón pelo Atlético, no dia 3, o Mineirão compartilhou em seu Twitter oficial: "Ai meus bebedouros". 

 

A brincadeira se referia a uma confusão protagonizada por Boca Juniors, da Argentina, e Galo no estádio em 2021, quando os argentinos causaram tumulto após eliminação na Libertadores e atiraram, inclusive, um dos bebedouros da zona mista em direção aos seguranças.

 

Em sua nota de repúdio, feita no dia seguinte, o clube alvinegro alegou que o Gigante da Pampulha "ultrapassou o limite do bom senso e faltou com o respeito ao jogador e à instituição".

 

 


Compartilhe