Bahia

MERCADO DA BOLA

Ex-Cruzeiro, Mano Menezes é anunciado pelo Al Nassr, da Arábia Saudita

Técnico estava sem clube desde dezembro de 2020, quando saiu do Bahia

postado em 09/04/2021 16:30 / atualizado em 09/04/2021 17:15

(Foto: Ramon Lisboa/EM D.A Press - 18/07/2019)
Mano Menezes é o novo técnico do Al Nassr, da Arábia Saudita. O clube do Oriente Médio anunciou nesta sexta-feira que o profissional de 58 anos e sua comissão chegarão a Riade nas próximas 48 horas para acompanhar os primeiros treinos da equipe que conta com Maicon, ex-zagueiro do São Paulo, e Petros, ex-volante do Corinthians.


O último clube de Mano foi o Bahia, pelo qual contabilizou sete vitórias, um empate e 13 derrotas em 21 jogos em 2020. O aproveitamento de menos de 35% motivou a sua demissão em 20 de dezembro, pouco mais de três meses depois da contratação.

O trabalho anterior do treinador também durou três meses. A campanha no Palmeiras foi até positiva - 11 vitórias, cinco empates e quatro derrotas (63,33%) -, mas o futebol abaixo das expectativas e a disparada do Flamengo na liderança do Brasileirão pesaram na decisão da direção alviverde, que também mandou embora o diretor Alexandre Mattos.

Na contramão das rápidas passagens, Mano Menezes teve experiência longeva no Cruzeiro, de julho de 2016 a agosto de 2019. No intervalo de mais de três anos, montou um grupo competitivo em torneios eliminatórios e conquistou duas edições da Copa do Brasil, em 2017 e 2018, além de alcançar as semifinais, em 2016 e 2019.

Campeão também do estadual, em 2018 e 2019, Mano se tornou o quinto técnico com mais jogos pelo Cruzeiro, com 235 partidas. Contando os números da primeira passagem, no segundo semestre de 2015, foram 112 vitórias, 69 empates e 54 derrotas. A Raposa marcou 333 gols e sofreu 205.

A sequência do comandante na Toca acabou abreviada em meio a um período turbulento na parte administrativa, com as acusações de crimes de lavagem de dinheiro, apropriação indébita e falsidade ideológica na gestão do ex-presidente Wagner Pires de Sá e do ex-vice de futebol Itair Machado.

Acometido por uma crise institucional que refletiu no futebol com atrasos salariais e processos na Justiça, o Cruzeiro conquistou apenas uma vitória nos últimos 18 jogos sob o comando de Mano Menezes. O treinador deixou o clube na derrota por 3 a 0 para o Internacional, em 8 de agosto, no Mineirão, pela semifinal da Copa do Brasil.

Após a saída de Mano, o Cruzeiro foi dirigido por Rogério Ceni, Abel Braga e Adilson Batista no restante do Brasileirão e acabou rebaixado à Série B em 17º lugar, com 36 pontos. Em 2020, o time não conseguiu retornar à elite nacional, amargando o 11º lugar na segunda divisão, com 49 pontos.

Outros momentos marcantes da carreira de Mano foram a serviço de 15 de Novembro, Caxias, Grêmio, Corinthians e Seleção Brasileira. No exterior, conduziu o Shandong Luneng, da China, no início de 2016. No Al Nassr, o gaúcho nascido em Passo do Sobrado aumentará a lista de brasileiros, que conta com Zagallo, Ricardo Gomes e Joel Santana.

Tags: Mano Menezes Cruzeiro serieb interiormg futinternacional futnacional seriea bahiaba mercadobola