Bahia

SÉRIE A

Em busca de vaga no G6, Inter visita o Bahia na estreia de Zé Ricardo

Técnico chega ao Colorado e, logo na primeira partida, enfrenta concorrente direto por vaga na Libertadores

postado em 26/10/2019 07:00 / atualizado em 26/10/2019 11:13

<i>(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)</i>


Anunciado como novo técnico do Internacional na última segunda-feira, Zé Ricardo fará seu primeiro jogo à frente do time colorado neste sábado. O adversário será o Bahia, às 19h, na Arena Fonte Nova, em duelo válido 28ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

O Inter contratou Zé Ricardo confiando na capacidade de o treinador levar a equipe gaúcha à Copa Libertadores, feito que ele alcançou com o Vasco em 2017. No momento, o time colorado tem 42 pontos e aparece na sexta posição, a última entre os que se classificam à próxima edição do torneio continental.

A ideia é recuperar o ânimo dos jogadores e emplacar uma arrancada capaz de colocar o Inter entre os quatro primeiros colocados e, assim, garantir a vaga direta na fase de grupos da Libertadores. Quatro pontos separam a equipe colorada do São Paulo, o atual quarto colocado.

"Não será fácil. Há vários clubes lutando por este objetivo (Libertadores), mas acreditamos que pela força, a camisa pesadíssima, os aspectos, podemos fazer acontecer", disse Zé Ricardo em sua apresentação. Entre os desafios do comandante estão recuperar a confiança do elenco, tornar o time mais agressivo e reduzir a instabilidade recente.



Zé Ricardo indicou que usará uma formação mais ofensiva em comparação à adotada pelo seu antecessor Odair Hellmann e à utilizada pelo interino Ricardo Colbachini nos dois jogos em que esteve à frente da equipe. Ele prepara novidades e deve mudar o esquema e as peças, especialmente do meio para frente.

O treinador não terá o volante Patrick, suspenso. O veterano D'Alessandro também é desfalque por suspensão. Em contrapartida, Rodrigo Lindoso, recuperado de dores musculares na coxa esquerda, volta a ficar à disposição. Rafael Sóbis é outro que retorna de lesão. Ele se livrou de um problema muscular e deve começar a partida no banco.

É provável que Guilherme Parede seja titular na vaga de Patrick. Na frente devem estar as principais alterações: Neilton e Wellington Silva. Eles formarão o trio ofensivo com o peruano Paolo Guerrero. Nico López treinou entre os reservas nas últimas atividades e deve ir para o banco.

Tricolor de Aço

Nas últimas três partidas que fez como mandante, o Bahia perdeu duas vezes (2 a 1 para Ceará e Athletico-PR) e empatou sem gols com o São Paulo. A sequência negativa não permitiu que o time entrasse no G6, aparecendo na oitava colocação, com 41 pontos.

"A preocupação existe sempre quando você não vence, mas a sequência negativa em casa não nos gera preocupação. A gente não se sente pressionado de jogar em casa por conta disso. O que nos pressiona é a vontade de entrar na zona de classificação da Libertadores e continuar", disse o técnico da equipe, Roger Machado.

O último treino antes da partida foi realizado na manhã desta sexta-feira e fechado para a imprensa. Apesar de ter participado da atividade, o lateral-esquerdo Moisés ainda não será utilizado. Assim, Giovanni segue entre os titulares.

Se confirmou a ausência de Moisés, Roger Machado não deu pistas sobre o substituto do suspenso Élber e também deixou no ar a possibilidade de Guerra perder espaço no time titular. Marco Antônio e Arthur Caíke seriam as opções para ambas as situações.

Tags: futnacional internacionalrs seriea bahiaba