Bahia

CAMPEONATO BRASILEIRO

Com formação alternativa, Atlético enfrenta Bahia antes de 'decisão' na Sul-Americana

Galo busca recuperação e volta ao G4 em duelo contra Tricolor, no Horto

postado em 23/08/2019 20:00 / atualizado em 23/08/2019 20:20

<i>(Foto: Bruno Cantini/Atlético )</i>
Antes de decidir seu futuro na Copa Sul-Americana, o Atlético busca recuperação no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o Galo entra em campo com formação alternativa para enfrentar o Bahia, às 11h, no Independência, em Belo Horizonte, pela 16ª rodada da Série A. O objetivo alvinegro é regressar ao G4

O técnico Rodrigo Santana decidiu poupar a maioria dos titulares do Atlético para a partida decisiva contra La Equidad, na próxima terça-feira, às 21h30, no estádio El Campín, em Bogotá, pelas quartas de final da Sul-Americana. A equipe mineira venceu o jogo de ida, no Independência, por 2 a 1, e garantiu a vantagem do empate para avançar de fase. Com a regra do gol qualificado (como visitante), o time colombiano precisa de triunfo simples, por 1 a 0, para chegar à semifinal. O Colón, da Argentina, aguarda o classificado. 

No Brasileiro, o Atlético vem de derrota para o Athletico Paranaense, por 1 a 0, em Curitiba. O resultado custou a invencibilidade de seis jogos do time na competição e a quarta colocação na tabela. O Alvinegro ocupa a quinta posição, com 27 pontos, três a menos que o São Paulo, último integrante do G4. Já o Bahia está no 10º lugar, com 21 pontos. 

Escalação alternativa

O Atlético terá apenas dois titulares no confronto com o Bahia: CleitonIgor Rabello. O goleiro será mantido na meta, pois Victor segue em fase final de recuperação de tendinite no joelho esquerdo. Na zaga, Rabello formará dupla com Leonardo Silva. Rodrigo Santana confirmou a formação alternativa em Salvador e colocou a presença do meia-atacante Luan como dúvida. Recém-contratado, o atacante argentino Franco Di Santo é novidade no banco e pode estrear pelo Galo. 

“Devido à viagem no domingo (para a Colômbia), neste sábado vamos com uma equipe alternativa. Cleiton e Igor jogarão. Luan vinha como titular. Ele treinou muito bem na quarta. Na quinta, em um trabalho tático, ele sentiu e saiu antes. Vamos ver se o departamento médico vai liberá-lo para o jogo ou não. Di Santo fecha a terceira semana de preparação e optamos por levar ele para o banco para sentir a adrenalina de vestiário. Se tiver oportunidade, ele vai entrar”, declarou o treinador, que não autorizou a imprensa a acompanhar o último treinamento antes do jogo. 

O Bahia de Roger 

<i>(Foto: Felipe Oliveira/Bahia)</i>

O técnico Roger Machadoque se reencontra com o Atlético neste sábado, adotou mistério na preparação do Bahia para a partida no Independência. Em dúvida entre o volante Ronaldo e o meia Alejandro Guerra, o treinador analisou as possibilidades para armar o Tricolor. Com o venezuelano centralizado no meio, o time passaria do 4-3-3 para o 4-2-3-1

“Com Ronaldo, ganho um tripé de meio forte. Isso me dá a possibilidade de uma pressão forte de meio e velocidade pelas pontas. Vamos ver as características do jogo e a necessidade para a partida. Com o Guerra, ganho um jogador com destreza e habilidade de jogar numa área congestionada. Ele tem capacidade de articular, de ser um jogador de jogada semifinal e final, como foi no gol contra o Goiás (no empate por 1 a 1, na rodada passada). Ele vem retornando de uma lesão de joelho, mas a gente avalia se ainda precisa dar mais tempo para que ele entre no segundo tempo,  com tanque cheio, e consiga render melhor, com mais segurança”, comentou o gaúcho, que comandou o Atlético em 42 partidas na temporada 2017 e conquistou o título mineiro. 

ATLÉTICO X BAHIA 

Atlético: Cleiton; Guga, Leonardo Silva, Igor Rabello e Lucas Hernández; Ramon Martínez; Geuvânio, Nathan, Luan (Zé Welison ou Maicon Bolt) e Otero; Alerrandro. Técnico: Rodrigo Santana. 

Bahia: Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Flávio, Gregore e Ronaldo (Guerra); Arthur e Lucca; Gilberto. Técnico: Roger Machado. 

Motivo: 16ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte
Data e hora: 24 de agosto (sábado), às 11h

Árbitro: Rodolpho Toski (Fifa/PR)
Assistentes: Bruno Boschilla (Fifa/PR) e Victor Hugo Imagu (CBF/PR)

VAR: José Cláudio Rocha (CBF/SP), Douglas Marques das Flores (CBF/SP), LucianoRoggenbaum (CBF/PR) e Antônio Pereira da Silva (CBF/GO). 

Tags: campeonato brasileiro atlético seriea bahiaba interiormg