Corinthians

CORONAVÍRUS

Estádios de futebol abrem suas portas para ajudar no combate ao coronavírus

Alguns dos principais estádios já estão à disposição das autoridades estaduais e municipais

postado em 20/03/2020 18:30 / atualizado em 20/03/2020 18:42

(Foto: Divulgação/São Paulo)

O mundo segue em alerta devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os principais eventos culturais e esportivos foram paralisados e a recomendação geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) é para permanecer em casa. No Brasil, alguns estádios de futebol foram colocados à disposição das autoridades estaduais e municipais para ajudar no combate à doença. 
 
Com essa ação, a ideia é que os locais possam ser utilizados para abrigar pacientes em tratamento, para não sobrecarregar hospitais e clínicas em caso de avanço do Covid-19 no país. Os estádios Nilton Santos, no Rio de Janeiro; Pacaembu, Morumbi e Arena Corinthians, em São Paulo; Mané Garrincha, em Brasília; Frasqueirão, em Natal; e Arena da Baixada, em Curitiba, já foram disponibilizados para os órgãos públicos. 
 
Na capital mineira, Mineirão e Independência ainda não divulgaram medidas a serem tomadas em relação ao caso. Em contato com o Superesportes, o gerente de operações e segurança do Horto, Helber Gurgel, falou sobre o caso. Segundo ele, a arena não tem estrutura para comportar esse tipo de ação.
 
“Nós já pensamos em abrir o Independência, mas nós esbarramos na questão estrutural. A maior estrutura do estádio é a parte de vestiários, porque o Independência é diferente dos outros estádios redondos, falta uma parte da estrutura nele. Mas, é claro, se formos consultados, a gente se dispõe, mas por enquanto não houve nenhuma solicitação”, afirmou Gurgel.
 
A reportagem também apurou que o Mineirão está estudando qual será a melhor ação a ser viabilizada neste momento. 

Veja as ações que serão feitas em cada estádio: 

Mané Garrincha, em Brasília

A concessionária Arena BSB, que administra o estádio Municipal Mané Garrincha, colocou a arena à disposição do Governo do Distrito Federal para o combate à pandemia do novo coronavírus. O local poderá ser utilizado como centro de triagem ou hospital de campanha pela Secretaria de Saúde.  

Estádio Frasqueirão, em Natal

O ABC de Natal colocou toda a estrutura do Frasqueirão à disposição da Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte (Sesap). Em nota divulgada à imprensa,  o clube diz que a "diretoria abecedista, ciente da responsabilidade social em que o clube tem diante da sociedade, ainda mais nesse momento importante e crítico vivido por todos, disponibiliza as dependências do seu estádio caso haja a necessidade de ampliação, por parte do Governo, da estrutura de apoio e combate ao novo coronavírus, o Covid-19". 

Arena da Baixada, em Curitiba

O Athletico Paranaense disponibilizou a Arena da Baixada e o CT do Caju aos órgãos de saúde do Paraná para dar apoio ao tratamento de pessoas no combate ao Covid-19. O clube disse que as autoridades podem utilizar o espaço da “forma que entenderem necessário”.

Estádio Nilton Santos, em Brasília

O Botafogo colocou a estrutura do Estádio Nilton Santos à disposição das autoridades de saúde do Rio de Janeiro em meio à luta para superar a pandemia do novo coronavírus. Em nota, o clube afirma que está ciente da sua responsabilidade social e se solidariza com o momento conturbado. 

Arena Corinthians, em São Paulo

O Corinthians anunciou que vai abrir a sua Arena a partir de semana que vem para receber doações de sangue e auxiliar no combate à pandemia do coronavírus. As doações deverão ser agendadas para evitar aglomerações e seguir os protocolos recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde.

Estádio do Morumbi, em São Paulo

O São Paulo anunciou que irá disponibilizar toda a infraestrutura do Morumbi para o combate à pandemia do novo coronavírus. Em nota, o clube também colocou o CT da Barra Funda e de Cotia, da base, à disposição das autoridades.  

Estádio Pacaembu, em São Paulo

A Prefeitura de São Paulo vai instalar 200 leitos no Pacaembu para atender pacientes com coronavírus de baixa complexidade. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira pelo prefeito Bruno Covas. O estádio será adaptado para receber os pacientes.

Tags: morumbi mané garrincha pacaembu independencia mineirao interiormg futnacional saopaulosp corinthianssp coronavirus arena corinthians