Corinthians

CAMPEONATO PAULISTA

Organização é um dos trunfos do 'favorito' Red Bull Bragatino contra Corinthians

Equipe de Felipe Conceição tem a melhor campanha da fase de grupos

postado em 28/07/2020 16:08 / atualizado em 28/07/2020 16:26

(Foto: ARI FERREIRA/RED BULL BRAGANTINO)
Time sensação do Campeonato Paulista, o Red Bull Bragantino enfrentará o Corinthians nesta quinta-feira, às 19 horas, no Morumbi, pelas quartas de final do Estadual. A equipe do técnico Felipe Conceição possui a melhor campanha da fase de grupos do Estadual e é considerada uma das favoritas ao título. A equipe de Bragança Paulista mostra qualidade não só dentro de campo como também em sua organização. Durante a pandemia, o clube foi o único dentre os times da Série A e B do Campeonato Brasileiro que não reduziu salários dos jogadores ou demitiu funcionário em razão da crise. O Estadão apresenta um Raio-x do time, que promete incomodar os chamados grandes do futebol nacional.

Essa é a arma do Bragantino. Felipe Conceição possui em seu plantel dois pontas rápidos e habilidosos, no caso, Arthur e Morato, e um centroavante que tem mostrado muita afinidade com a bola, Ytalo, o artilheiro da competição. Essa combinação resulta em um dos ataques mais letais do Paulistão. O curioso é que Arthur era jogador do Palmeiras e não foi aproveitado, assim como Morato e Ytalo foram liberados pelo São Paulo sem grandes dificuldades.

A equipe marcou 18 gols na fase classificatória do Paulistão, ficando atrás apenas do São Paulo, que balançou as redes 19 vezes. Vale lembrar que o Bragantino demorou quatro rodadas para marcar seu primeiro gol. Foi contra o Palmeiras, por 2 a 1, em Bragança Paulista. Essa também foi a primeira vitória do time.

AJUSTES PRECISOS


Logo após o resultado positivo contra o Palmeiras, o Bragantino foi derrotado pelo Mirassol. A equipe perdeu por 2 a 0, mas o placar poderia ter sido bem mais largo não fossem as chances desperdiçadas pelo adversário. Com o revés, Felipe Conceição fez duas alterações que mudaram a cara do time. Ele sacou os dois principais nomes do elenco, Claudinho e Uillian Correia e acrescentou Vitinho e Matheus Jesus. Apesar de ter perdido criatividade, a equipe se estruturou tecnicamente Desde então, o Bragantino acumula seis vitórias, onde pode-se destacar uma contra o São Paulo, no Morumbi, e uma derrota contra o Santo André, duas rodadas após as mudanças.

"LEI DO EX"


Se a "lei do ex" surtir efeito, três ex-jogadores do Corinthians poderão fazer a diferença para o Bragantino nas quartas de final. O goleiro Júlio César, capitão da equipe, o meia Claudinho, revelação do Parque São Jorge, e o volante Matheus Jesus, que ainda possui seus direitos vinculados ao clube alvinegro e cumpre contrato de empréstimo. Júlio César, reserva de Cássio na Libertadores de 2012, foi vazado apenas nove vezes, o que ajudou o Bragantino a tornar-se a terceira melhor defesa do torneio. Matheus Jesus, por sua vez, tem feito a diferença no meio-campo do elenco de Felipe Conceição e, desde que assumiu a titularidade, a equipe sofreu apenas uma derrota. Já Claudinho, apesar de ter perdido protagonismo, foi o melhor jogador da Série B, em 2019.

DEFESA CONSISTENTE


Ao longo da fase de grupos, a defesa do Bragantino mostrou-se bastante sólida. No entanto, contra o Corinthians os defensores precisarão se concentrar nas extremidades do campo, principalmente com as subidas do lateral alvinegro Fagner, que faz boas jogadas com o meio-campo Ramiro. Outro fator decisivo para o Bragantino serão as jogadas de bola parada. Praticamente um terço dos gols do Corinthians são oriundos desse tipo de lance, sejam em escanteios ou faltas. A equipe do treinador Tiago Nunes tem apostado na tática do único gol letal para acabar com a partida.

Tags: interiormg futnacional Bragantino corinthianssp seriea paulistafut Felipe Conceição