Cruzeiro

COPA BRASIL DE VÔLEI

Cruzeiro joga em casa e Minas tem desafio em São Paulo na Copa Brasil

Raposa recebe Itapetininga e minas-tenistas encaram o Sesi-SP

postado em 15/01/2020 07:43

(Foto: Agência I7/Cruzeiro)
Representantes mineiros na Copa Brasil de Vôlei, Cruzeiro e Minas buscam garantir presença nas semifinais em duelos contra equipes paulistas, nesta quarta-feira. O time celeste, líder da Superliga, recebe o Itapetininga, às 20h, no Ginásio do Riacho, em Contagem. O Minas, por sua vez, terá o desafio de encarar o Sesi-SP, às 19h, no Ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo. 

A Copa Brasil de Vôlei reúne os oito primeiros da atual Superliga, em confrontos em cruzamento olímpico: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º, 4º x 5º. Este ano, a fase final do torneio será em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, entre os dias 24, data das semifinais, e 25 de janeiro, quando será disputada a decisão. 

Caso passe pelo Itapetininga, o Cruzeiro enfrentará nas semifinais o vencedor de Sesc-RJ x Campinas, quarto e quinto colocados da Superliga, respectivamente. O jogo será no próximo dia 24, sexta-feira, às 19h30, na Arena Jaraguá. O ganhador de Sesi-SP x Minas terá pela frente o Taubaté, que avançou diante do Maringá com triunfo por 3 sets a 0, na abertura das quartas de final. A partida será na mesma data, às 21h30, fechando a rodada dupla que apontará os finalistas. 

O Cruzeiro é o maior vencedor da Copa Brasil de Vôlei. O time celeste busca o pentacampeonato, depois de levantar a taça em 2014, 2016, 2018 e 2019. O Taubaté, com duas conquistas, vem logo a seguir. Os demais, assim como o Minas, buscam o título inédito.

No primeiro turno da Superliga, o Cruzeiro teve dificuldade para superar o Itapetininga, o que ocorreu com triunfo no tie-break, em casa. Mas era um momento em que a equipe ainda buscava o melhor entrosamento. Depois do vice no Mundial de Clubes, a Raposa embalou e fechou a primeira metade da competição na liderança, desbancando Taubaté e Sesi-SP.

O central Isac projetou um jogo bem diferente daquele pela Superliga e recomendou concentração total. "Agora é mata-mata. É importantíssimo a gente estar ligado desde o primeiro ponto do jogo, porque sabemos que do outro lado da quadra também estarão jogadores buscando a vitória. Então cabe a nós fazer a nossa parte. Sabíamos que este início de janeiro não seria fácil, com vários jogos, um atrás do outro, e trabalhamos com a comissão técnica para que todos estejam 100% fisicamente", comentou o meio de rede.

(Foto: Orlando Bento/Minas)


Minas confiante


No Minas, mesmo com a certeza de que será um confronto duro com o Sesi-SP, a confiança na vitória é unânime. No primeiro turno da Superliga, o time mineiro perdeu para os paulistas por 3 a 2, em São Paulo. Para o técnico Nery Tambeiro, o momento é outro e os minas-tenistas estão em processo de crescimento. "O Sesi vai pegar o Minas em crescimento e a gente sempre fez bons jogos contra eles. Temos que jogar bem em todos os fundamentos, de forma equilibrada e sem oscilar muito. Assim, temos condições de superar o Sesi e é nisso que apostamos", afirmou o comandante.

Tags: minas quartas semifinais cruzeiroec Sesi-SP copa brasil de vôlei Itapetininga