Cruzeiro

SPORT

Na chegada ao Sport, Thiago Neves admite erros no Cruzeiro e cutuca Atlético: 'Joguei nos maiores de cada estado'

Após acertar com Atlético e ser rejeitado pela torcida, meia de 35 anos fechou acordo com o Sport

postado em 19/09/2020 19:52 / atualizado em 19/09/2020 20:06

(Foto: TV Sport)
O meia Thiago Neves foi apresentado neste sábado como novo jogador do Sport, mas não escapou de perguntas sobre rebaixamento e polêmicas no Cruzeiro em 2019, a passagem frustrante pelo Grêmio este ano e a desistência do Atlético em contratá-lo em função de rejeição da torcida.


Cruzeiro


O jogador de 35 anos assumiu que cometeu erros na reta final de sua passagem pelo Cruzeiro, mas não se vê como culpado pelo rebaixamento do clube à Série B. “Acho que posso ter cometido alguns erros sim em 2019, com o Cruzeiro, mas acho que foi uma injustiça botarem da forma que foi feito, botarem a culpa em mim do rebaixamento do Cruzeiro. Tanto que eu joguei até onde eu podia, eu não corri de nenhum jogo, nos meus erros eu assumi. Agora, as pessoas que afundaram o Cruzeiro, acho muito injusto, falar da situação que o Cruzeiro está passando, botar tudo nas minhas costas”.



Decisivo nos títulos consecutivos da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, em 2017 e 2018, Thiago Neves caiu de rendimento em 2019. O meia ficou marcado negativamente no rebaixamento do clube à Série B. Além do baixo rendimento em campo, ele teve atritos com o técnico Rogério Ceni no segundo semestre e foi fotografado em festas quando o time estava em situação dramática na classificação.

Não bastasse isso, um áudio vazado revelou uma conversa do meio-campista com o ex-gestor do futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella, no qual ele pedia pagamento de salários e garantia um bom resultado no duelo decisivo contra o CSA, no Mineirão, em 29 de novembro, pela 35ª rodada. A Raposa acabou derrotada por 1 a 0. Para piorar a relação com os cruzeirenses, o camisa 10 desperdiçou um pênalti na partida.
 
O revés para o CSA teve ‘peso’ significativo na campanha do inédito rebaixamento dp Cruzeiro à Série B, decretado na derrota para o Palmeiras, por 2 a 0, também no Gigante da Pampulha, em 8 de dezembro.
 
A frase “Fala, Zezé, bom dia cara!”, dirigida por Thiago Neves a Zezé Perrella na conversa vazada, acabou virando piada nas redes sociais no período do rebaixamento cruzeirense.
 
No Cruzeiro, entre janeiro de 2017 e dezembro de 2019, Thiago Neves marcou 41 gols e deu 23 assistências em 151 jogos. Foram quatro títulos comemorados no período: dois do Campeonato Mineiro (2018 e 2019) e dois da Copas do Brasil (2017 e 2018).


Atlético


Thiago Neves disse que, por sua história no Cruzeiro, já esperava certa rejeição dos atleticanos. “Minha motivação foi quando o Sport me procurou, não foi porque teve o problema com o Atlético, até porque eu já sabia por tudo que eu vivi no Cruzeiro. A minha motivação está em mim. No momento que o Sport mostrou interesse eu já queria fechar na hora, tanto que a gente fechou em dois dias. O meu pensamento agora é só ser feliz, só quero jogar e tenho certeza que eu caí no clube certo, no time certo e aqui eu tenho tudo para ser feliz só pela forma como me receberam”.



Sempre com a língua afiada, Thiago Neves cutucou o Atlético ao lembrar da passagem pelo Cruzeiro. “Tive o prazer de jogar nos grandes de cada estado, nos maiores de cada estado, no Rio, em Belo Horizonte, e agora estou no Sport. Então, feliz, um sonho realizado, minha família está feliz, louca para chegar e é isso que vale. Repito: jogar nos maiores é para poucos”.



No Sport, Thiago Neves jogará ao lado do lateral-direito Patric, do zagueiro Maidana e do meia-atacante Bruninho, todos ex-jogadores do Atlético. Segundo ele, eventuais polêmicas do passado ficaram para trás. “Tem alguns jogadores que eu joguei contra, que teve alguns problemas por ser clássico, mas hoje são meus companheiros e agora vamos vencer juntos”.

Grêmio


Thiago Neves evitou polêmica sobre a decisão do Grêmio de rescindir o seu contrato logo após a derrota por 2 a 1, para o Sport, em Porto Alegre. Na visão dele, o fato de ter chegado ao clube tricolor no final da pré-temporada, em janeiro, atrapalhou sua entrada na equipe de Renato Gaúcho.



Tags: cruzeiro atlético sport gremio serieb atleticomg cruzeiroec interiormg gremiors seriea mercadobola thiago neves