Atlético

ATLÉTICO

Alexandre Mattos pede desculpas ao torcedor do Atlético sobre caso Thiago Neves e espera união para buscar título brasileiro

Dirigente explicou que a negociação era um pedido do técnico Sampaoli, mas que o assuntou foi encerrado com a rejeição da torcida

postado em 15/09/2020 12:30 / atualizado em 15/09/2020 15:31

(Foto: Bruno Cantini/Atlético)
Depois da grande polêmica envolvendo o quase acerto do armador Thiago Neves com o Atlético na noite dessa segunda-feira, o diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, pediu desculpas aos torcedores e cobrou união em busca do título do Campeonato Brasileiro.

Leia também:


Em entrevista à Rádio Itatiaia, Mattos admitiu que o Galo esteve próximo da contratação de Thiago Neves por indicação do técnico Jorge Sampaoli, mas, depois de toda repercussão negativa, a diretoria voltou atrás e resolveu encerrar as tratativas.

"Thiago Neves era um um pedido técnico do nosso treinador, no que ele entende da característica de jogo. Nosso treinador identificou a possibilidade, indicou outros nomes fora da nossa realidade financeira, fora até da janela que está fechada. O Thiago foi uma oportunidade de mercado, enquadrava no desejo do jogador de vir, enquadrava dentro da realidade financeira, seria uma possibilidade até pensando em bonificação por produção, dentro de um contrato até o fim do campeonato", frisou o dirigente.

Na internet, torcedores recuperaram vídeos antigos de Thiago Neves nos tempos de Cruzeiro, nos quais xinga e menospreza o Atlético. Maior organizada ligada ao clube, a Galoucura se posicionou e disse que não aceitaria o jogador na Cidade do Galo. O desgosto da torcida com a notícia da proximidade do acerto com o meia foi quase unânime. Neves chegou a ser ameaçado nas redes. Um dos aspectos citados por Mattos para a desistência foi a violência no país.

"Mas, agora, mediante a tudo, ao nosso dia a dia, ao nosso futebol que está muito perigoso, mediante a uma repercussão e, principalmente, pensando na segurança de todos, a gente simplesmente recua. Agradecemos também ao interesse de Thiago em relação ao Atlético, porque a gente entendeu que temos objetivos maiores pela frente e nós queremos paz e tranquilidade para todos os envolvidos, principalmente para os jogadores. Foi tudo feito como sempre é feito lá dentro, com indicação técnica, com o lado financeiro excelente para o Atlético e, depois de avaliar todas as situações, não estava acordado, não estava assinado, estava próximo de acontecer sim, mas não tinha absolutamente nada assinado. Mas, agora, entendemos depois de tudo que aconteceu que a vida do jogador, de sua família, o projeto do Atlético em relação ao objetivo principal que é  a tentativa da busca de título, nós resolvemos encerrar o assunto. É página virada".

Mattos pediu união entre torcida, diretoria e jogadores em busca do título brasileiro. "Quero pedir ao nosso torcedor, nós queremos buscar o nosso sonho que é tentar ser campeão brasileiro. E, se incomodou, peço humildemente desculpas. O assunto está encerrado, vamos olhar para frente e buscar o nosso objetivo juntos. Não adianta agora ficar fazendo aquilo, isso, passou e acabou. Não vai vir. Assunto encerrado, sacramentado. Houve proximidade de acerto por pedido do nosso treinador como dezenas de outros, alguns a gente atende, outros, infelizmente, não. Este pedido a gente foi compreender, avançou. E a gente entendeu que o momento é dar uma pausa e pensar para a frente junto do nosso torcedor. Então, assunto encerrado". 

O diretor admitiu que a diretoria errará, mas disse que quando necessário mudará o rumo. “Quero falar ao nosso torcedor mais uma vez, humildemente: desculpa o que ficou de ruim, mas saiba que o objetivo é sempre colocar o Atlético forte no seu elenco, na sua organização, na sua gestão, para fazer do Atlético um time referência. Para isso, precisamos deles juntos, entendendo que nós vamos errar e que nós erramos. E a gente reconhece. Na hora que precisa dar uma pausa, a gente dá uma pausa. Na hora que precisa mudar rumo, a gente muda rumo. Agora, não adianta ficar lamentando. Precisamos muito deles juntos de nós. Aí, sim, nossa possibilidade vai aumentar cada vez mais de buscar esse sonho que é este título brasileiro depois de tantas décadas”.


Tags: galo título mattos união atleticomg Thiago Neves