Cruzeiro

SÉRIE B

Diretor questiona erros contra América em clássico com o Cruzeiro: 'O Brasil inteiro viu'

Paulo Bracks realizou pronunciamento institucional e indagou: 'Por que o América está sendo punido pela arbitragem?'

postado em 02/12/2020 23:57 / atualizado em 03/12/2020 00:35

(Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press)
Paulo Bracks, diretor de futebol do América, fez críticas à arbitragem em pronunciamento divulgado pela TV Coelho. Na noite desta quarta-feira (2), a equipe alviverde foi derrotada para o Cruzeiro por 2 a 1, no Independência, em partida válida pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O confronto ficou marcado por grandes polêmicas envolvendo o árbitro Dewson Freitas. Confira, na sequência desta matéria, a manifestação do dirigente.

“Boa noite a todos. Evidentemente, isso não é uma entrevista pós-jogo. É uma manifestação institucional do América em relação ao que aconteceu hoje. E a pergunta que eu faço em nome do clube é: por que o América foi punido e desrespeitado pela arbitragem hoje, no Independência? Por que o América foi punido e desrespeitado hoje, no Independência? Meu vestiário não tem condições de vir aqui. Meu treinador não tem condições de vir aqui. Já reclamou, com razão, em jogos passados (Cuiabá, Juventude, Oeste, Ponte Preta). Confrontos que houve, ao nosso ver, inequívocos erros de arbitragem. Conversamos na CBF, enviamos ofício… e aí? Hoje, a manifestação institucional do América é essa. Por que o América está sendo punido pela arbitragem? O que aconteceu aqui hoje o Brasil inteiro viu. Não tem coletiva, treinador não vai vir aqui, e o nosso vestiário está em repúdio, em revolta e em desrespeito com o que aconteceu hoje. Muito obrigado e boa noite", disse.
 


As principais reclamações do América dizem respeito a lances ocorridos no primeiro tempo do clássico. Aos 3 minutos, a bola bateu no braço do volante Adriano, do Cruzeiro, dentro da grande área. Para os comentaristas de arbitragem do Grupo Globo, a penalidade deveria ter sido assinalada. Na sequência, aos 12 minutos, Dewson Freitas marcou pênalti de Messias em William Pottker, em lance de disputa de bola. Revoltado, o técnico Lisca foi expulso após muitas reclamações.
 
 

No próximo sábado (5), o América enfrentará o CSA, em Alagoas, em partida válida pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A equipe ocupa a vice-liderança da competição, com 44 pontos.

Tags: arbitragem diretor criticas serieb americamg cruzeiroec interiormg paulo bracks