Cruzeiro

CORINTHIANS 0 X 0 CRUZEIRO

Marcelo Oliveira justifica substituição do atacante Borges: "Recomendação médica"

Depois da saída do centroavante, no intervalo, Cruzeiro caiu muito de produção

postado em 22/09/2013 19:50 / atualizado em 22/09/2013 19:57

Edesio Ferreira/EM/D.A Press
O Cruzeiro teve dois momentos distintos no empate por 0 a 0 com o Corinthians, neste domingo, no Pacaembu. No primeiro tempo, o clube celeste foi soberano em campo e não saiu vencedor por causa de uma atuação perfeita do goleiro corintiano Cássio. Na etapa final, o centroavante Borges foi sacado para a entrada de Júlio Baptista. A alteração não deu certo e o Cruzeiro caiu muito de rendimento.

Foram poucos chutes a gol no segundo tempo. O time estrelado perdeu o meio-campo e deu chances para o Corinthians criar mais. No fim da partida, o técnico Marcelo Oliveira justificou a saída de Borges.

”Sobre o Borges, ele sentiu (dor). Não foi uma contusão, mas ele precisava sair. Ele nos foi muito útil no primeiro tempo, fez a parede, o pivô, lutou em campo e abriu espaço para os jogadores de trás chegarem finalizando”, explicou o treinador Marcelo Oliveira.

”Ele não teve uma grande chance e o Borges precisa dessa bola para a conclusão, desta vez ele não teve oportunidade, mas abriu espaço e estava jogando muito bem. Infelizmente, ele pediu para sair e o médico recomendou que assim fosse também”, completou o técnico cruzeirense.

Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Internacional, no domingo, às 18h30, em Novo Hamburgo-RS. Marcelo Oliveira não terá Lucas Silva e Ricardo Goulart, ambos suspensos com três cartões amarelos. Henrique, Souza e Leandro Guerreiro disputam a vaga de volante, enquanto Dagoberto ou Júlio Baptista devem ser escalados no ataque.

Tags: pacaembu botafogo brasileiro empate corinthians cruzeiro