Cruzeiro

CRUZEIRO

Garotinho que mobilizou torcida e Cruzeiro na internet terá sonho realizado pelo clube

Pequeno Denner Jonathan, de 12 anos, pintou camisa do Cruzeiro à mão e ficou famoso nas redes sociais depois de ser fotografado em Pitangui-MG

postado em 18/04/2017 23:00 / atualizado em 19/04/2017 15:51

Reprodução
Desenhar e torcer pelo Cruzeiro são as maiores diversões do pequeno Denner Jonathan. Por acaso, essas duas paixões conduziram o garotinho de 12 anos ao sucesso efêmero na internet. Tudo começou quando um rapaz se comoveu ao vê-lo em um supermercado da cidade de Pitangui, no Centro-Oeste de Minas, vestido com uma camisa branca do Cruzeiro, desenhada à mão. Horas depois, a despretensiosa foto tirada pelo desconhecido no local viralizou nas redes sociais, sensibilizou milhares de pessoas e fez com que o Cruzeiro, em sua conta oficial do Twitter, até pedisse ajuda para encontrar o fã mirim.

Com ajuda de internautas que conheciam o menino, o Superesportes fez contato com Denner às 20h55 desta terça-feira. Do outro lado da linha, ele brincou: “Tô famoso”.

Sem sinal de internet em casa e nos celulares da mãe e do padrasto, Denner só soube que a foto estava bombando na internet na tarde desta terça. Depois de jogar uma pelada na ‘quadra do chapadão’, o menino foi parado na rua por um comerciante que acabara de curtir a imagem no Twitter. “Eu tava subindo o morro, e o Robson, da padaria aqui perto de casa, disse que tinha me visto na internet. Quando eu vi o celular dele, já tinha quase mil curtidas. Nunca vi tantas curtidas. Fiquei feliz demais”, contou, ofegante.

Apaixonado pelo Cruzeiro desde 2013, quando, aos nove anos, viu o time ser campeão brasileiro, Denner contou que fez a camisa à mão pela dificuldade de comprar uma oficial.  “Um dia vi num site que a camisa oficial custava R$ 258. A camisa é bonita, mas o preço é um horror (risos)”.
Reprodução/Arquivo pessoal


Numa das idas a Contagem, cidade onde nasceu, Denner pediu então que a mãe lhe desse uma blusa branca, de algodão, para usar em um ensaio na igreja. Depois, surgiu a ideia de transformá-la em camisa do Cruzeiro. Como gosta muito de desenhar, ele fez os traços da base com uma caneta esferográfica. Em seguida, coloriu as cinco estrelas e até mesmo os patrocinadores oficiais. “Coloquei Umbro, Caixa, Supermercados BH, Cemil, todos. Na frente e nas costas. Já tinha feito a mesma coisa em uma camisa azul, dessas baratas, que ganhei de um primo. Ela não tinha nada escrito e pintei ‘Caixa’ com corretivo”.

Ao saber que o Cruzeiro estava à sua procura, Denner foi logo dando uma ideia ao marketing do clube do coração: “Meu sonho é ter uma camisa oficial, ir lá na Toca e ver um jogo no Mineirão. Nunca fui. Gosto de todo mundo... do Rafael, do Ábila, do Sobis, do Thiago Neves, do Henrique, Robinho, Manoel, Leo, Ezequiel, Romero, Cabral. Adoro o Arrascaeta, mas tá precisando fazer gol Meu maior ídolo é o Fábio. Queria ver todo mundo de perto. Como moro em Pitangui, só vejo pela televisão ou no vídeo-game”.

Arquivo pessoal

Vendedora de cosméticos e roupas íntimas, a mãe no pequeno cruzeirense, Darcilene Edwiges de Freitas Aquino, de 45 anos, conta que a crise reduziu o orçamento da família. Por isso, não pôde dar ao filho no Natal ou no aniversário de 12 anos, comemorado em 24 de março, a tão sonhada camisa oficial do time. “Hoje, ele gosta mesmo de futebol. Isso começou em 2013, quando o time foi campeão brasileiro. Mas acho muito caro. Fica puxado. A solução que ele encontrou, de pintar a blusa branca, foi muito legal, criativa. Ela custou R$ 15. Não podia imaginar que isso ia fazer ele ficar famoso na internet”.

”Pensar que tudo isso começou com a foto tirada por um rapaz no supermercado. Ninguém aqui de casa sabia. Que essa seja a chance de o Cruzeiro realizar o sonho dele de ganhar uma camisa e uma chuteira. A vida dele é jogar bola e ver o time na televisão”, disse a mãe.

O departamento de marketing do Cruzeiro já entrou contato com a família de Denner e dará ao garotinho uma camisa oficial. Além disso, outras ações serão realizadas para prestigiar o pequeno torcedor de Pitangui. Em contato com a reportagem na tarde desta quarta-feira, o clube informou que irá acertar uma data com a família do garoto para que ele possa conhecer a Toca da Raposa e o Mineirão.



Tags: denner jonathan desenhada à mão pitangui interiormg camisa torcedor cruzeiro