Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro dá chance a jogador de 9 anos descoberto em 'peneira' feita por aplicativo

Vitor Gabriel Martins de Oliveira, o Vitinho, já treina na Sede Campestre

postado em 28/08/2018 18:21 / atualizado em 28/08/2018 18:26

Divulgação
Aos 9 anos, Vitor Gabriel Martins de Oliveira já tem um 'nome profissional' no futebol. Ele espera ser mais um Vitinho das categorias de base do Cruzeiro muito em breve. O primeiro passo ele já deu: foi aprovado para iniciar os treinamentos depois de passar por uma peneira realizada pelo aplicativo Witsoccer, sistema de triagem de jogadores que faz a conexão entre clubes e atletas. Nascido em janeiro de 2009, o pequeno comemorou a chance de iniciar a carreira tão cedo na Raposa.

“Estava ansioso pra chegar a hora do treino, gostei bastante de tudo e é muito bom poder jogar num time como o Cruzeiro. Jogar bola é o que mais gosto de fazer e se tornar um jogador de futebol meu maior sonho”, disse o jovem atleta, que realizou no último dia 13 seu primeiro treino na Sede Campestre. Vitinho foi cadastrado no aplicativo pelo pai, Wellington Martins de Oliveira. A criança se destacou nas avaliações presenciais realizadas pela Witsoccer e acabou direcionada ao Cruzeiro.

“Conheci o aplicativo através da indicação de um amigo. Comentei com ele que havia alguns clubes interessados em meus filhos, mas não conseguia mensurar a qualidade do futebol dos meninos. No momento, ele me informou que a Witsoccer desenvolvia um programa e um trabalho onde você conseguia mensurar isso. Eu queria uma avaliação profissional. Fui apresentado à empresa, fiz download do aplicativo e o Vitinho passou pela avaliação online. Depois de alguns dias, fomos chamados para o teste presencial”, contou o pai do jovem.

Dono da Witsoccer, o empresário mineiro Taciano Pimenta se mostrou surpreso por encontrar um jovem com a habilidade de Vitinho já na primeira avaliação presencial do aplicativo. “Pelos testes que ele realizou, o Vitor é um atleta diferenciado que está preparado para jogar em qualquer clube de Série A em sua categoria. Foi uma grata surpresa um atleta deste nível já na primeira avaliação presencial”, afirmou.

Mais de 200 atletas, entre oito e 17 anos, se reuniram no campo do UniBH em 8 de julho, no Buritis, em busca do sonho de se tornar jogador de futebol. Foi a primeira avaliação da Witsoccer em Belo Horizonte. De acordo com os organizadores, os garotos avaliados vieram de várias localidades de Minas Gerais, como Nanuque, Sete Lagoas, Itaúna, Coronel Fabriciano, além, é claro, da capital mineira. A próxima avaliação já tem data marcada: será em 16 de setembro.  

Tags: cruzeiro interiormg