Cruzeiro

CRUZEIRO

Assessor da presidência do Cruzeiro tem mandado de prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia

Marco Túlio de Miranda é procurado pela Polícia Civil

postado em 10/06/2019 13:00 / atualizado em 10/06/2019 13:33

<i>(Foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)</i>

O assessor da presidência do Cruzeiro, Marco Túlio Ribeiro de Miranda, e o irmão Antônio César Pires de Miranda Júnior, ex-prefeito de Rio Acima, são procurados pela Polícia Civil por falta de pagamento de pensão alimentícia ao pai Antônio César Pires de Miranda. O pai é idoso e está interditado pelos filhos.

A secretaria de administração prisional confirmou à reportagem os mandados de prisão contra os irmãos Miranda expedidos pela 2ª Vara da Família de Belo Horizonte. Os advogados de defesa não foram encontrados.

Marco Túlio foi nomeado assessor da presidência por Wagner Pires de Sá. Ex-candidato a vice-presidente na chapa de Sérgio Rodrigues, ele é o principal elo entre Zezé Perrella e Wagner Pires de Sá. O Superesportes entrou em contato com o clube, que não vai se manifestar porque o assunto é de foro íntimo.

Os irmãos Miranda são empresários conhecidos de Belo Horizonte. Eles são proprietários da pizzaria Mangabeiras e da fabricante de gelo Geloso. As empresas estão em recuperação judicial.

<i>(Foto: Soraia Piva)</i>

Tags: Marco Túlio Miranda assessor prisão mandato cruzeiro