Cruzeiro

CRUZEIRO

Thiago Neves admite 'dia difícil' para o Cruzeiro, comenta salários atrasados, mas garante foco no clássico: 'Essas coisas não vão atrapalhar'

Camisa 10 foi escolhido para conceder entrevista coletiva nesta terça-feira

postado em 09/07/2019 15:54 / atualizado em 09/07/2019 18:12

<i>(Foto: Matheus Muratori/Superesportes)</i>
Um dos líderes do elenco do Cruzeiro, o meia Thiago Neves foi escolhido pela assessoria de comunicação do clube para conceder entrevista coletiva nesta terça-feira, data em que o clube foi alvo da Operação Primeiro Tempo, da Polícia Civil. O camisa 10 admitiu um 'dia difícil', mas garantiu que o grupo celeste está focado no clássico de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Atlético, marcado para a próxima quinta-feira, às 20h, no Mineirão. 

“O que aconteceu hoje não vai interferir em nada, nosso objetivo maior é passar, é um jogo contra o rival, vai parar a cidade. O torcedor, tenho certeza, está com a gente. É um dia difícil para o Cruzeiro hoje, mas o torcedor não quer saber do que aconteceu hoje, quer saber do que vai acontecer na quinta-feira. Precisamos nos entregar, esquecer tudo que está acontecendo, porque os dois jogos são mais importantes do que o que está acontecendo agora”, disse.

A Polícia Civil cumpriu, nesta terça-feira, mandados de busca e apreensão na sede do Cruzeiro, no Barro Preto, nas casas do presidente do clube, Wagner Pires de Sá, do vice de futebol, Itair Machado, do diretor-geral, Sérgio Nonato, nos centros de treinamentos Tocas da Raposa I e II e no galpão da Máfia Azul, organizada ligada ao clube. Houve apreensão de documentos e computadores.

Thiago Neves também foi questionado na entrevista sobre os salários atrasados. Ele minimizou o fato e disse que tudo foi acertado nessa segunda. “Já falou que estava difícil, que quando desse para acertar, acertaria. Acertaram. Está todo mundo feliz, com sorriso no rosto e preparado para jogar na quinta-feira. Nos primeiros dias é estranho. São dois anos recebendo em dia, quando dá uma atrasadinha você vai perguntar, claro. Mas está tudo tranquilo, tudo em ordem e espero que continue assim”, afirmou. 

“Mando mensagem para o Itair, o que temos que fazer é ficar junto. Eu, como funcionário, está tudo em ordem aqui. Claro que os salários estão atrasados, mas me fala um clube que não atrasa. Começaram a bater nesse negócio de salário, porque o Cruzeiro não atrasa. Aí quando atrasa, todo mundo bate. Estou feliz da vida, essas coisas não vão atrapalhar, não vão me tirar o foco para quinta-feira porque é decisão e preciso estar de cabeça boa”, complementou.

Além dos duelos pelas quartas de final da Copa do Brasil – em 11 e  17 de julho –, contra o Atlético, o Cruzeiro tem pela frente os dois jogos das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o River Plate. A primeira partida será na Argentina, em 23 de julho, às 19h15, enquanto a volta está marcada para 30 de julho, no Mineirão. 

Tags: Thiago Neves cruzeiro interiormg seriea copadobrasil libertadores2019