Cruzeiro

CRUZEIRO

Fred busca fim de seca de gols pelo Cruzeiro e status de maior artilheiro da Copa do Brasil

Atacante precisa balançar a rede contra o Atlético, quinta-feira, no Mineirão

postado em 10/07/2019 08:00 / atualizado em 10/07/2019 14:17

<i>(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)</i>
Artilheiro do Cruzeiro em 2019, com 16 gols, o atacante Fred amargou sequência de nove partidas sem balançar a rede antes da pausa para a Copa América. Ele marcou pela última vez em 23 de abril, na vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, na Venezuela, pela fase de grupos da Copa Libertadores. Nesta quinta-feira, às 20h, no Mineirão, o camisa 9 terá a oportunidade de encerrar o jejum em clássico contra o Atlético, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Em 2019, Fred fez dois gols, ambos cobrando pênalti, em três confrontos com o time alvinegro pelo Campeonato Mineiro: um pela fase classificatória, em 27 de janeiro, e outro no jogo de volta da final, no dia 20 de abril. No primeiro duelo da decisão, o centroavante chegou a deixar a sua marca, mas a arbitragem anulou o lance após consulta ao assistente de vídeo (VAR), alegando finalização de cabeça seguida de toque com o braço na bola.

Fred tem histórico positivo na Copa do Brasil, da qual foi artilheiro em 2005 pelo próprio Cruzeiro, com 14 gols. O time fez boa campanha na competição, porém acabou eliminado na semifinal pelo surpreendente Paulista, que, posteriormente, superou o Fluminense na final. Em função da grande temporada naquele ano, o camisa 9 teve os direitos econômicos adquiridos pelo Lyon, da França, por R$ 44 milhões.

Na Copa do Brasil, Fred também balançou a rede por América (2), Atlético (1) e Fluminense (18). No geral, portanto, são 35 gols em 39 jogos (média de 0,96). No ranking dos maiores artilheiros da história do torneio, ele só perde para Romário, que fez 36 gols em 45 partidas. Abaixo aparecem Viola (29), Oséas e Paulo Nunes (28 cada).

Vitórias coincidem com boa fase de Fred

Nos jogos em que Fred fez gols, o Cruzeiro obteve aproveitamento de 83,33%, com nove vitórias e três empates. Ele anotou quatro tentos na Copa Libertadores e 12 no Campeonato Mineiro. Quando o atacante “parou” de balançar a rede, mas ainda estava em campo, o time ganhou duas partidas, empatou três e perdeu quatro. Sem participação do artilheiro, foram um empate e duas derrotas.

Entre os artilheiros do elenco em 2019, Fred soma 16 gols, o dobro do segundo colocado, Rodriguinho. Completam o ‘top 5’ Thiago Neves (5), Sassá (4) e Marquinhos Gabriel (4). No geral, o Cruzeiro marcou 59 vezes em 33 jogos.

Com a camisa do Cruzeiro, Fred tem 76 gols em 112 jogos. O melhor ano dele pelo clube foi em 2005, quando contabilizou 40 tentos em 43 partidas.

Caso quebre o jejum da retomada das competições e retome os bons números do primeiro semestre, o veterano de 35 anos terá boas chances de terminar 2019 entre os 20 maiores artilheiros do clube. Na lista atual, Abelardo e Zé Carlos, já falecidos, dividem o 20º lugar, com 87 gols cada.

Artilharia da história da Copa do Brasil:

Romário – 36 gols

Fred – 35 gols

Viola – 29 gols

Oséas e Paulo Nunes – 28 gols

Dodô – 26 gols

Luis Fabiano, Deivid e Evair – 24 gols

Gérson – 23 gols

Tags: fred atlético cruzeiro futnacional seriea centroavante atacante interiormg copadobrasil