Cruzeiro

CRUZEIRO

STJD mantém pena, e Edilson, do Cruzeiro, está fora da partida contra o Flamengo

Lateral-direito foi punido porque xingou o árbitro paranaense Paulo Roberto Alves Júnior no jogo contra o Avaí, no dia 11 de agosto

postado em 20/09/2019 15:04 / atualizado em 20/09/2019 15:33

<i>(Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)</i>

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) manteve a pena de Edilson, do Cruzeiro, em dois jogos. Com essa decisão, o lateral-direito está fora do duelo contra o Flamengo, neste sábado, às 17h, no Mineirão, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Edilson já cumpriu uma partida, na vitória do time celeste sobre o Santos, por 2 a 0, no Mineirão, no dia 18 de agosto. Por isso, esse será o último jogo de suspensão.

No dia 3 deste mês, Edilson foi punido com duas partidas pela Terceira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Cruzeiro obteve efeito suspensivo, e o lateral enfrentou o Grêmio, no dia 8. A Raposa foi goleada pelo Tricolor (4 a 1), no Independência. Agora, com essa nova decisão, ele volta a ser desfalque.

O motivo que levou Edilson ao banco dos réus foi um xingamento ao árbitro paranaense Paulo Roberto Alves Júnior por causa do cartão vermelho no empate por 2 a 2 com o Avaí, dia 11 de agosto, na Ressacada, em Florianópolis, pela 14ª rodada da Série A.

Edilson perdeu espaço no Cruzeiro com a chegada de Rogério Ceni. O colombiano Orejuela é o titular da lateral direita. No jogo decisivo contra o Inter (derrota por 3 a 0), no Beira-Rio, pela semifinal da Copa do Brasil, Edilson foi reserva de Jadson, improvisado no setor. No último compromisso da Raposa, derrota para o Palmeiras (1 a 0), em São Paulo, ele nem sequer foi relacionado.

Tags: stjd suspensão cruzeiroec xingamento árbitro flamengorj edilson