Cruzeiro

CRUZEIRO

Mesmo com revés, Thiago Neves vê bom jogo do Cruzeiro; David considera placar injusto

Time celeste perdeu para o Goiás e segue na zona de rebaixamento

postado em 30/09/2019 22:30 / atualizado em 30/09/2019 23:23

<i>(Foto: HEBER GOMES/AGIF/ESTADAO CONTEUDO)</i>
O Cruzeiro sofreu o 11º revés no Campeonato Brasileiro ao perder para o Goiás por 1 a 0, nesta segunda-feira, no Serra Dourada, em Goiânia, pela 22ª rodada. O gol da partida foi marcado pelo lateral-esquerdo Alan Ruschel, aos 16 minutos da etapa complementar. Ele acompanhou o ataque da equipe, correu em direção à grande área e se aproveitou de chute cruzado de Michael. O lateral-direito Edilson, que entrou no lugar de Orejuela no intervalo, não percebeu a passagem do camisa 28 esmeraldino.

Mesmo com o revés do Cruzeiro, Thiago Neves entendeu que o time fez bom jogo e criou oportunidades de gol. Aos 4min da etapa final, o camisa 10 chegou a balançar a rede, mas o árbitro de vídeo, Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, avisou ao juiz Gilberto Rodrigues Castro Júnior que David, responsável pela assistência, estava ligeiramente à frente do penúltimo defensor do Goiás.

“Mais uma partida boa. O time melhorou, está criando, criou bastante. Tivemos o gol anulado, mas acho que pelo menos a gente criou. A luta vai existir sempre, o Cruzeiro é muito grande, nós não vamos entrar para jogar de qualquer forma. Jogamos em cima do Goiás o tempo inteiro, tentamos a vitória o tempo inteiro. Perdemos o jogo, mas saímos de cabeça em pé. Agora temos dois jogos em sequência para fazer valer nosso mando. O grupo da frente está se distanciando, é uma coisa que a gente não quer, então temos de fazer valer esses dois mandos de campo”, disse Thiago, comentando, em seguida, o lance do gol anulado pelo VAR.

Na hora todo mundo achou que tinha validado o gol. Mas depois perguntei ao David, ele disse que ficou na dúvida, acho que estava impedido. Mas não mudou nosso espírito de luta e nossa entrega. Uma pena, pois foi uma partida boa, brilhante. Mas, como falei, saímos de cabeça em pé”.

Apesar dos elogios, Thiago Neves reconheceu a necessidade de aumentar ainda mais o empenho para reagir no campeonato. “Precisamos de um pouco mais de entrega e de atenção. Está tendo tudo isso, mas podemos dar mais. O Cruzeiro é muito grande, e a gente tem esse algo a mais para deixar em campo. São detalhes pequenos, o gol que a gente tomou foi por detalhe pequeno. Que a gente mantenha um padrão de jogo para vencer”.

Participativo com jogadas de velocidade pelo lado esquerdo, David considerou o tropeço no Centro-Oeste injusto para a Raposa. “Mais uma vez, né cara?! A gente batalha tanto e treina bastante a semana toda para buscar o resultado. Na minha opinião, foi injusto. Acabamos pecando ali. O cara teve um pouco de sorte, foi chutar e a bola sobrou para o jogador deles. Agora é lamentar, porque não assimilei essa derrota não”.

Derrotado fora de casa, o Cruzeiro segue em 17º lugar no Brasileiro, com 19 pontos, e terá dois duelos seguidos no Mineirão para tentar se recuperar. No sábado, às 21h, enfrentará o Internacional, pela 23ª rodada. Depois, terá confronto direto com o Fluminense (16º, com 22 pontos), na quarta-feira (9/10), às 21h30.

<i>(Foto: MARCOS SOUZA/NASCIMENTOSOUZAPRESS/ESTADAO CONTEUDO )</i>

Tags: Thiago Neves goiás cruzeiro seriea interiormg