Cruzeiro

CRUZEIRO

Zezé diz que Itair 'tem condição' de abrir mão de multa de R$ 2 milhões no Cruzeiro

Itair Machado foi demitido da função de vice de futebol nessa quinta

<i>(Foto: Tulio Santos/EM D.A Press)</i>
Novo gestor de futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella afirmou que Itair Machado, demitido do cargo de vice-presidente de futebol, "tem condições" de abrir mão da multa rescisória de R$ 2 milhões.

O valor foi definido pelo presidente Wagner Pires de Sá caso Itair Machado fosse demitido pelo Cruzeiro até 31 de dezembro deste ano. A multa era unilateral e não previa indenização ao clube se a decisão de sair partisse do ex-vice-presidente de futebol.

“O presidente me disse que ele foi demitido. Existe uma multa sim, mas tenho certeza que o Itair tem condição de abrir mão. É o que a gente vai tentar. Vou procurá-lo para buscar um acordo e acabar de vez com essa conversa”, disse.

Perrella e Itair já tiveram boa relação enquanto dirigentes de Cruzeiro e Ipatinga, respectivamente. O time do Vale do Aço era conhecido como “filial” do clube celeste, pois recebia vários jogadores por empréstimo. A parceria ocorreu de 2004 a 2006.

As condutas de Machado à frente do Cruzeiro, porém, foram reprovadas por Zezé. “Todo mundo sabe da relação que tive no passado com o Itair, ajudamos o Ipatinga, não sou inimigo dele, mas não concordo com a maneira centralizadora com a qual ele dirigia o Cruzeiro”, disse.

“Ele teve experiência vitoriosa no Ipatinga, mas o Cruzeiro é outra situação, a cobrança é outra. Mas enfim, já passou, ele entendeu que era melhor sair e fez a melhor coisa possível para o Cruzeiro. A cobrança em cima dele era grande demais. Certamente causou instabilidade na equipe”, acrescentou.

Por fim, Perrella pediu paz ao Conselho Deliberativo do Cruzeiro e disse que o momento é de união para tirar a equipe do risco de rebaixamento no Brasileiro (18º lugar, com 21 pontos em 24 rodadas) e colocar as finanças do clube em dia.

“O que queremos agora é paz. Faço apelo aos conselheiros que pensam diferente de mim, muitos acham que fizemos acordo e eles não foram ouvidos. Não tenho condições de tomar decisão dessa altura ouvindo 100 pessoas. Peço agora que tenhamos paz. Vamos deixar política para lá”, concluiu.

LEIA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA DE ZEZÉ PERRELLA, NOVO GESTOR DE FUTEBOL DO CRUZEIRO

Tags: Itair Machado Zezé Perrella futnacional interiormg seriea cruzeiro