Cruzeiro

CRUZEIRO

Cruzeiro empata com o Fortaleza e perde chance de deixar a zona de rebaixamento do Brasileiro

Raposa tropeçou em casa contra um rival direto na tabela

postado em 26/10/2019 22:56 / atualizado em 27/10/2019 01:41

<i>(Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)</i>

O Cruzeiro teve a chance de deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, mas frustrou a torcida. Apesar de pressionar o jogo todo, a Raposa apenas empatou com o Fortaleza por 1 a 1, na noite deste sábado, no Mineirão, pela 28ª rodada.

Orejuela, da equipe celeste, e Wellington Paulista, do Tricolor, fizeram os gols. Novamente, a torcida esteve ao lado de time e empurrou os jogadores os 90 minutos. Em alguns momentos, os cruzeirenses vaiaram Egídio, que errou no lance do gol do Fortaleza, e David, sempre muito cobrado.

Com o resultado, o time de Abel Braga chegou aos 29 pontos e continua na 17ª posição. O CSA, que enfrenta o Flamengo, ainda pode ultrapassar a Raposa - clique aqui e confira a tabela. Na próxima rodada, o Cruzeiro pega o Botafogo, na quinta-feira, às 21h30, no Engenhão.

A rodada começou muito favorável ao clube celeste, já que o Ceará apenas empatou em casa com o Vasco (1 a 1) e o Fluminense ficou no 1 a 1 com a Chapecoense, no Maracanã.

Antes da partida, a maioria dos jogadores do Cruzeiro cumprimentou o técnico Rogério Ceni. Alguns preferiram não abraçar o ex-treinador antes de a bola rolar, casos de Thiago Neves, Robinho e Egídio.


Pressão sem resultado


O primeiro tempo demonstrou as estratégias diferentes de cada time. O Cruzeiro buscou o ataque desde o início. Já o Fortaleza se segurou na defesa e tentou sair no contra-ataque. A Raposa esteve bem melhor.

O time de Abel Braga envolveu o adversário e criou boas oportunidades. Na melhor delas, aos 17 minutos, David cruzou na medida para Thiago Neves, que estava sozinho dentro da área. Mesmo sem marcação, ele cabeceou no meio do gol. No reflexo, Felipe Alves defendeu.

O Cruzeiro seguiu pressionando. Aos 20, Orejuela fez Felipe Alves trabalhar mais uma vez. O lateral da Raposa acertou um forte chute de fora da área. O goleiro se atirou no canto direito e espalmou para escanteio.

Na parte final do primeiro tempo, o time celeste perdeu fôlego e deu espaço para o Fortaleza. Apesar disso, a equipe de Rogério Ceni mostrou toda sua limitação e não finalizou no gol uma vez sequer.

Empate em casa


Para o segundo tempo, o técnico Abel Braga tirou o volante Jadson, que já tinha um cartão amarelo, e mandou a campo o meia Marquinhos Gabriel. Com a alteração, Robinho ficou um pouco mais recuado para fazer a saída de bola.

O Cruzeiro seguiu em cima do Fortaleza, que apenas se defendia. Aos 13 minutos, Orejuela cruzou na área, Fred tentou emendar de bicicleta, mas errou. Na sobra, David chegou batendo forte e mandou para fora. Dois minutos depois, o ex-atacante do Vitória teve outra chance clara. Ele recebeu dentro da área, limpou a marcação, mas isolou a bola.  

Aos 24 minutos, o Cruzeiro carimbou a trave. Após cruzamento para área, David dominou após rebatida e escorou para Marquinhos Gabriel, que chegou chutando na trave.

De tanto pressionar, o time celeste, abriu o placar. Aos 34 minutos, a zaga do Fortaleza afastou mal cruzamento, Marquinhos Gabriel ajeitou para Orejuela, que bateu forte sem chances para o goleiro: 1 a 0.

A vantagem do Cruzeiro, contudo, durou pouco. Aos 37 minutos, Egídio saiu jogando errado e levou bola nas costas. Após cruzamento para área, Wellington Paulista finalizou duas vezes até marcar, quase caindo no gramado: 1 a 1.

CRUZEIRO 1 X 1 FORTALEZA


Cruzeiro
Fábio; Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno e Egídio; Henrique, Jadson (Marquinhos Gabriel), Robinho (Sassá), Thiago Neves e David (Ezequiel); Fred.
Técnico: Abel Braga


Fortaleza
Felipe Alves; Gabriel, Quintero, Paulão e Carlinhos; Felipe e Juninho; Romarinho (Felipe Pires), André Luis (Kieza), Oswaldo (Marlon) e Wellington Paulista.
Técnico: Rogério Ceni

Gols: Orejuela (Cruzeiro) e Wellington Paulista (Fortaleza)

Cartão amarelo: Felipe (Fortaleza). Jadson, Robinho e Cacá (Cruzeiro)

Público total: 32.268
Público pagante: 25.644
Renda: R$ 540.229

Motivo: 28ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data e horário: 26 de novembro de 2019 (sábado), às 21h
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Neuza Inês Back (SP)
VAR: José Cláudio Rocha Filho

Tags: cruzeiroec seriea fortalezace