Cruzeiro

CRUZEIRO

Thiago Neves pede tranquilidade para o ataque do Cruzeiro voltar a funcionar

Armador recomenda simplicidade e inteligência ao time contra o Avaí

postado em 14/11/2019 17:00 / atualizado em 14/11/2019 17:42

(Foto:  Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Artilheiro do Cruzeiro no Campeonato Brasileiro, com seis gols, Thiago Neves é sempre esperança para a equipe visitar as redes adversárias, especialmente no momento em que a meta é abrir distância da temida zona de rebaixamento. O baixo rendimento ofensivo, no entanto, é uma das preocupações do jogador para a partida contra o Avaí, na próxima segunda-feira, no Mineirão, no complemento da 33ª rodada.

Nos últimos dois jogos, embora não tenha sido vazado, o Cruzeiro passou em branco nas redes dos rivais - empatou sem gols com Athletico-PR e o Atlético. O time celeste visitou o barbante em 26 ocasiões, rendimento melhor apenas que Chapecoense (25), CSA (21) e o próprio Avaí (16). Thiago Neves considera que o baixo aproveitamento é um dos fatores decisivos para a campanha ruim da equipe neste Brasileiro e já apontou uma causa: o nervosismo.

"Eu estou preocupado, não gosto de ficar dois ou três jogos sem marcar, levo isso muito a sério para o treinamento. Há muito nervosismo quando a gente chega à área. Eu conversei com o Robinho, temos que estar de cabeça fria, tocar a bola sem desespero", receitou o experiente armador, que reconheceu a necessidade de conter a ansiedade a partir do confronto com o Leão.

"O torcedor vai querer ver o nosso time o tempo inteiro em cima do Avaí, mas temos que ser inteligentes na segunda, para conseguir os três pontos, Isso é o mais importante. Todos sabem que a gente precisa ganhar. Mas não estamos fazendo as jogadas mais fáceis, inventamos e queremos chutar de qualquer jeito. O jogo é importantíssimo e o momento é de estar com a cabeça tranquila", recomendou. 

Confiança com o chefe


Thiago Neves considera que o Cruzeiro mudou desde a chegada de Abel Braga, substituindo o demitido Rogério Ceni. O armador, envolvido diretamente na polêmica saída do antigo treinador, disse que o novo 'chefe' resgatou a confiança do grupo. "Todos passaram a treinar bem e se motivaram, até quem está na reserva, todos estão motivados para jogar. A situação é complicada, mas estamos fora da zona de rebaixamento e teremos um jogo chave para sair. Não podemos ter desespero", reforçou.

Adversário na 'forca'


O fato de o Avaí estar praticamente condenado a disputar a Série B no próximo ano em nada diminui a previsão de Thiago Neves de mais um jogo difícil. O armador disse que o time catarinense, que poderá ser rebaixado no sábado, em caso de vitória do Fluminense sobre o Atlético no Maracanã, é visto como autêntico 'franco-atirador'.

"É muito difícil para o avaí ficar na Série A, o pensamento dos jogadores e da comissão técnica é vir aqui e fazer uma boa partida. Mas temos que fazer a nossa parte, olhar para o nosso lado. Independentemente de eles serem rebaixados ou não, precisamos ganhar o jogo de qualquer forma", comentou.  

Tags: cruzeiro avaí gols Brasileiro interiormg Mineirão seriea thiago neves