Cruzeiro

CRUZEIRO

Até cão da raça pitbull participou de protesto da torcida do Cruzeiro! Veja fotos

Torcedores pediram mudança no estatuto e saída da 'Família União'

postado em 11/01/2020 18:21 / atualizado em 11/01/2020 18:37

(Foto: Túlio Santos/EM D.A Press)
Um torcedor do Cruzeiro levou um cão da raça pitbull ao protesto na tarde deste sábado, no Barro Preto, em Belo Horizonte. Robert de Boassa, integrante do ‘Comando Rasta do Cruzeiro’ é quem aparece carregando o animal batizado Gandhi, que se comportou de maneira tranquila durante o evento com cerca de 300 pessoas.

“Foi um ato da nossa torcida para provar que a gente é da paz. Mesmo um cachorro pitbull tem condições de se socializar com todos os torcedores. Somos do Comando Rasta, o primeiro movimento Rasta aqui de Minas. A gente puxa um momento que prega a paz. Nossa caminhada é toda baseada nos fundamentos do reggae, seguimos as ideias do Bob Marley”, disse Robert.

Ele (Gandhi) já foi a jogo do Cruzeiro dentro do Mineirão. É super dócil, vive aqui na nossa sede. Sempre o educamos a ser sociável, a andar no meio das pessoas. Nunca atacou e nem estranhou ninguém. É super tranquilo. É o Gandhi, o príncipe da paz!”, completou cruzeirense.

O protesto foi convocado via redes sociais pelo grupo de torcedores 'Nascidos Palestra, Forjados Cruzeiro', principal responsável pelas manifestações no fim de 2019. A frente agora cobra a expulsão de membros da 'Família União' do quadro de conselheiros do clube, além de mudança e maior transparência no estatuto celeste.

Os torcedores tentam evitar que pessoas ligadas ao ex-presidente Wagner Pires de Sá assumam cargos no clube. Na terça-feira passada, o Superesportes publicou áudio do conselheiro João José Moreira Neto, conhecido como 'João Doido', um dos principais membros da 'Família União', em que ele diz que será candidato à presidência do Cruzeiro na próxima eleição, marcada para maio. 

SAÍDAS NA DIRETORIA


A manifestação ocorreu dois dias depois da saída de Pedro Lourenço do Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro. O empresário, que tinha apoio da torcida, deixou o cargo de vice-presidente de futebol alegando “não compactuar com incoerências na gestão e no estatuto do clube, que promovem ambiente hostil  e desfavorece as mudanças emergenciais necessárias".

Consequentemente, Alexandre Mattos também se desligou das funções no departamento de futebol cruzeirense, por lealdade a Pedro Lourenço, responsável por convidá-lo.

Tags: Cruzeiro protesto serieb cachorro pitbull interiormg futnacional Raposa